Oh, terra mineira, esperança do nosso Brasil.

Marcelo Ruschel POA Press

Marcelo Melo no saque, Bruno Soares preparado na rede. Foto de Marcelo Ruschel/POA Press.

Estou sem palavras. Demorei um tempo para achar o que escrever aqui. Emocionada. Nada parou os mineiros. Ninguém parou os mineiros. Nenhum desafio eletrônico esquisito ou afronte por parte de Bob Bryan incomodou. Algo para ser lembrado para sempre.

Foi uma típica partida de Copa Davis: tensa, calorosa e emocionante. Bruno Soares e Marcelo Melo tinham todas as dificuldades nas costas: derrotar a dupla número 1 do mundo, fora de casa, para que o Brasil não fosse eliminado do grupo mundial. E eles conseguiram.

Em 10 anos disputando a Davis, os irmãos Bryan só haviam perdido duas vezes e estavam invictos desde 2008. Nunca haviam disputado uma partida de cinco sets na competição. Mas nenhuma estatística, história ou ranking conseguiram segurar Bruno e Marcelo. Eles mostraram para o Brasil (e mundo) inteiro que o Brasil tem sim tenistas excepcionais. E melhor ainda, mostraram que temos DUPLISTAS excepcionais. Podemos e devemos acreditar no tênis brasileiro. Nossos tenistas tem talento de sobra para concretizarem o que quiserem.

O país está começando a dar mais atenção para esses atletas que merecem e muito isso. A vitória foi noticiada no Jornal Nacional. Vários atletas e personalidades parabenizando Soares e Melo nas redes sociais. Recebi até tweets perguntando quando os mineiros jogam no Brasil Open! Isso significa muito para o tênis brasileiro. O apoio de todos é essencial. Compareçam aos torneios. Torçam!

Por fim, durante a partida, li muitos tweets de pessoas que não gostam de tênis mas estavam ligadas na partida elogiando os mineiros, dizendo que nunca pensaram em duplas sendo tão emocionante. Estavam apreensivas, torcendo pelo país mesmo não conhecendo muito bem o esporte ou os atletas. E isso é Copa Davis. Ela atrai a atenção de todos. É emocionante, é única. E há quem queira o fim da Davis. Longa vida à melhor competição de equipes.

Anúncios

6 comentários sobre “Oh, terra mineira, esperança do nosso Brasil.

  1. Acho que a maior lição que uma vitória como essa pode deixar, é que o brasileiro tem que acreditar mais, querer mais. Vencemos uma batalha, a guerra continua…

  2. A vitória dos mineiros pode não ser suficiente para que o Brasil vença os Estados Unidos na Davis, mas não deixa de ser muito importante.

    É importante para os mineiros, já que confirma a boa fase (mesmo jogando separados no circuito) e que podem decidir outros confrontos na Davis, mas também para essa divulgação das duplas.

    Para o grande público, o tênis do Brasil ainda se resume ao Thomaz que recebe uma pressão (e rejeição) enorme e injusta. Acho que boa exposição das duplas possam atenuar um pouco a carga sobre ele.

  3. Eles fizeram história ontem e olha que vem miito mais história por aí! Esses dois prometem muita coisa boa pro nosso Brasil carente de grandes atletas! Orgulho total de vcs! Ontem foi fantástico, vi muita gente que não acompanha tênis maravilhado com o que vcs fizeram! Parabéns mineiros! Continuem assim!!

  4. Os mineiros estão de parabéns! Vitória maiúscula, na casa dos adversários, mas nada tirou o foco deles. É com jogos assim que o tênis cresce no Brasil, e espero que continue crescendo, com tenistas tão bons quanto esses dois.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s