Daniel Melo: “Wimbledon, medalha olímpica e número um são os maiores objetivos”

Quem também estava presente na tarde de entrevistas de Marcelo Melo foi Daniel Melo, técnico e irmão do número 3 do mundo. Marcelo falou da importância do papel de seu irmão em sua carreira, sendo o principal responsável pela mudança de simples para duplas e presente desde 2007, além de Daniel comentar a situação atual das duplas e os próximos passos do mineiro na temporada de grama.

“O Daniel é muito importante. Além de treinador, viajar com irmão e ter a família presente é muito bom, ainda mais nós que ficamos o tempo todo fora, então poder ter alguém da família sempre perto é bom”, comentou Marcelo, destacando a vida agitada dos tenistas.

Foto: Bruno Miani/VIPCOMM

Foto: Bruno Miani/VIPCOMM

Ter um parente como técnico pode ser problema para muitos, mas não para Marcelo e Daniel. “Muita gente disse que não daria certo trabalhar com irmão, mas desde o início deixamos muito claro o respeito na hora de ser irmão, na hora de ser treinador e nas decisões. A gente lida com isso muito bem. Durante os jogos ele sabe da alta demanda de atenção que é necessária, eu olho pra ele em quase todos os pontos. O fator de ser irmão dá um nervosismo a mais pra ele, claro. O Martin (Stepanek), treinador do Ivan, até falou pro Daniel ficar menos nervoso porque do contrário ele vai ter um infarto”, brincou o mineiro, enfatizando o respeito existente.

Exemplificando com a derrota na semifinal do Australian Open, Marcelo também destacou as conversas pós-jogo. “É muito legal, é um orgulho pra nossa família a gente conseguir levar isso tão bem, são quase 8 anos e muito respeito. Nós conversamos bem tanto nas vitórias quanto nas derrotas. Tivemos uma conversa muito boa depois da derrota no Australian Open, fiquei muito triste pela derrota e nessa hora entra o lado do irmão também. Eu sempre digo que o Daniel foi muito fundamental em todo o sucesso que conquistei”, finalizou Marcelo.

Daniel, contente com as conquistas do irmão, é responsável por grande parcela do sucesso na carreira de Marcelo, como o tenista enfatizou. O técnico comentou o que vem pela frente na temporada de grama: “Wimbledon é o torneio que ele mais gosta de jogar, tem vários resultados bons lá e é na temporada de grama que ele se sente melhor. Vamos ter que pular vários torneios de grama pelo título conquistados, agora é saber aproveitar o momento mas também focar para o que vem pela frente.”

Com a agenda cheia de compromissos, Melo ainda não tem calendário definido para a temporada de grama. Daniel comentou a possível programação do irmão nas próximas semanas. “Talvez Nottingham. Tinha um torneio pra jogar agora, em Halle, mas devido ao título eu acho que não vai dar para irmos. Já estava programado e ele gosta desse piso, mas vamos ter que pular. Nós realmente estamos querendo participar da última semana antes de Wimbledon. Não vale tanto em pontos, mas o objetivo principal é jogar algumas partidas e chegar preparado em Wimbledon, que é o torneio favorito do Marcelo. Em Nottingham, se acontecer, não será com o Ivan, porque ele joga o qualifying em Londres, mas ainda veremos um parceiro”, completou.

Com um título de Grand Slam no bolso, Daniel revela os outros objetivos de Marcelo na carreira. “O Grand Slam favorito dele é Wimbledon, então os outros objetivos são título em Wimbledon, uma medalha na Olimpíada e o principal de todos é ser número um do mundo”, comentou.

A situação do circuito atual de duplas também foi assunto no bate papo. Daniel opinou dizendo que a visibilidade aumentou sim, mas que ainda pode melhorar. “Eu acho melhorou que sim. Todo mundo está tentando, os Bryan ajudam muito na divulgação, inclusive. Parece que as pessoas não gostam de duplas, mas quando você vai pros Estados Unidos ou pra Roland Garros as quadras estão lotadas, tanto pelo jogo ser interessante e quanto pelos jogadores de simples que também jogam a chave de duplas. Vem crescendo um pouco sim, não do modo que a gente acha, mas o pessoal vem ajudando demais a divulgar, o Bruno (Soares) também. Está melhorando, mas poderia melhorar ainda mais”, finalizou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s