Melo destaca poder de reação; Soares feliz com performance

Em um jogo sofrido, com poucas chances de quebras de saque e muita tensão em quase quatro horas de embate, Marcelo Melo e Ivan Dodig garantiram vaga nas oitavas de final de Wimbledon. O brasileiro e o croata derrotaram o polonês Mariusz Fyrstenberg e o mexicano Santiago Gonzalez em dramáticos 3 sets a 2, com parciais de 7/6, 6/7, 2/6, 7/6 e 6/4.

Durante o jogo, o serviço de cada duplista prevaleceu em quase todos os sets. Melo e Dodig chegaram a conquistar set points nas duas primeiras parciais, porém desperdiçaram e decidiram no tie-break. No primeiro, a dupla do brasileiro venceu por 7-2 e no segundo, foi superada em 7-4. Com exceção do terceiro período, que teve duas quebras para o polonês e o mexicano, os seguintes voltaram a ser dramáticos. A parceria número um da temporada ganhou o quarto set mais uma vez no tie-break, enquanto na parcial decisiva, uma quebra no primeiro game garantiu vantagem para o mineiro e o croata, que finalizaram o jogo em 6/4.

“Hoje estava difícil entrar nos pontos. No começo, tivemos poucas chances de pegar ritmo de devolução. Isso foi melhorar a partir do quarto set”, contou o brasileiro, que destaca a experiência da parceria com o croata como preponderante para a vitória. “Tivemos altos e baixos, apesar de saber que em um jogo de cinco sets é difícil manter o equilíbrio o tempo inteiro. Mas foi muito importante ganhar hoje, porque conseguimos usar toda nossa experiência no momento certo para reagir e vencer”, complementou.

Bruno Soares segue firme em Wimbledon

Quem também entrou em quadra nesta sexta-feira e garantiu vaga nas oitavas de final de Wimbledon foi Bruno Soares. Em boa partida, o mineiro e Alexander Peya derrotaram os bielorrussos Sergey Betov e Aliaksandr Bury em três sets a um, com parciais de 6/1, 7/6, 4/6 e 6/1.

A partida foi tranquila no início, com Bruno e Peya dominando a quadra por completo, mas no segundo Betov e Bury conseguiram entrar na partida, deixando mais disputado. No terceiro, o único set perdido do mineiro e do austríaco no duelo, foi conquistado pelos bielorrussos no curto período de tempo em que Bruno e Peya diminuíram o ritmo, em um tie-break, porém a dupla do brasileiro voltou mais atenta no quarto set, fechando com tranquilidade.

“Estamos jogando bem, executando o nosso plano e seguindo firme. Nas oitavas de final vem mais uma pedreira por aí, mas estamos confiantes em mais um bom resultado”, finalizou Soares, que espera os vencedores do confronto entre Gabashvili/Lu e Nestor/Paes.

Bellucci e Sá se despedem

Mas a sexta-feira não foi apenas de alegrias para os brasileiros em Londres. Thomaz Bellucci e André Sá foram eliminados das últimas chaves que disputavam e disseram adeus ao torneio.

Bellucci encerrou sua participação na chave de duplas masculinas. Ele e o argentino Guillermo Duran foram superados pela parceria formada pelo indiano Rohan Bopanna e o romeno Florin Mergea, cabeças de chave 9, por 7/5, 7/6(5) e 7/6(5), em partida válida pela segunda rodada. Já André Sá, ao lado da espanhola Lara Arruabarrena, foi eliminado das duplas mistas por Venus/Olaru em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s