Guia das duplas: US Open

O último Grand Slam da temporada chegou e a (desagradável) chave de duplas do US Open foi sorteada neste domingo. Confira abaixo, no Guia das Duplas, a análise detalhada dos principais nomes do circuito.

Os campeões
Os gêmeos Bob e Mike Bryan são os atuais campeões do torneio e vêm de ótima campanha no US Open Series, com títulos em Atlanta, Washington e Montreal. O quarto dos americanos é um tanto quanto técnico, a começar pela estreia, com seus compatriotas Steve Johnson e Sam Querrey pela frente, dupla conhecida pela consistência dos saques. Os times se enfrentaram duas vezes neste ano, ambos os confrontos com vitória de Bob e Mike. A dupla pode encontrar Leander Paes e Fernando Verdasco na segunda rodada, assim como Cabal/Farah, Pospisil/Sock e Bolelli/Fognini nas rodadas seguintes. Não é um caminho fácil, mas é o famoso ‘poderia ser muito pior’, já que tanto Pospisil/Sock quanto Bolelli/Fognini, os possíveis adversários das quartas, não estão em grande fase.

Os vice-campeões
Marcel Granollers e Marc Lopez são os detentores do vice, mas terão que suar muito para defender seus pontos. A dupla faz uma péssima temporada, com poucos momentos de brilho em torneios de saibro. Além do momento, a estreia não colabora com os espanhois, que terão Robin Haase e o experiente Julian Knowle pela frente, assim como o quarto da dupla, que conta com Herbert/Mahut, Lopez/Mirnyi e Rojer/Tecau, os campeões de Wimbledon. Boa sorte aos espanhóis, porque eles vão precisar.

Os brasileiros
Marcelo Melo e Ivan Dodig
Os atuais campeões de Roland Garros pegaram, possivelmente, os piores cabeças de chave para se ter na chave, com Cuevas/Marrero, os perigosos Bopanna/Mergea e Nestor/Roger-Vasselin, a sensação do momento, além de Melzer/Petzschner, campeões da edição de 2011, perdidos entre os não-cabeças. Melo e Dodig, aliás, entram no grupo das ‘estreias horrorosas que um cabeça de chave não espera pegar’, com o britânico Dominic Inglot e o sueco Robert Lindstedt engrenados pelo título em Winston-Salem logo de cara.

Bruno Soares e Alexander Peya
A dupla vem com uma boa preparação pré-slam, animados com o desempenho nas últimas partidas e com exibição contra os irmãos Bryan no bolso, além de um excelente histórico no Grand Slam. As primeiras rodadas não devem preocupar Bruno e Peya, mas a possível oitavas de final contra Murray/Peers, algozes em Wimbledon, e quartas com Matkowski/Zimonjic podem atrapalhar o caminho do mineiro e do austríaco.

André Sá e Chris Guccione
Sá e Guccione voltam a se unir no US Open e a reunião não será nada agradável. A estréia do mineiro e do australiano será contra Daniel Nestor e Edouard Roger-Vasselin, a dupla sensação do US Open Series que conquistou o vice em Montreal, título em Cincinnati e encerrou a sequência de vitórias dos irmãos Bryan. A bagagem de Nestor e Vasselin no pré-US Open é grande e assusta, ainda mais numa estreia. Caso avancem, Sá e Guccione terão Chardy/Kubot ou Melzer/Petzschner pela frente, não facilitando a vida da dupla.

Thomaz Bellucci e Marcelo Demoliner
Demoliner e Bellucci estão na mesma chave que Dodig/Melo e podem enfrentar os cabeças 2 caso vençam os convidados Baughman/Paul e a complicada segunda rodada com Cuevas/Marrero ou Haas/Stepanek. A forma física do paulista preocupa a dupla, já que Bellucci sentiu dores nas costas durante a disputa do ATP 250 de Winston-Salem.

Promessas
Quem promete nesta edição é Daniel Nestor e Edouard Roger-Vasselin. Com campanha impecável nos torneios preparatórios, a dupla vem com tudo no US Open e terá que provar seu valor mais uma vez com uma sequência de vitórias complicadas, que incluem Guccione/Sá, Melzer/Petzschner ou Chardy/Kubot, Bopanna/Mergea e Dodig/Melo. Marcin Matkowski e Nenad Zimonjic são os outros nomes que prometem impressionar em Nova Iorque. Com uma excelente chave nas primeiras rodadas, Matkowski tentará atingir a final do Grand Slam americano pela segunda vez, enquanto Zimonjic busca quebrar seu péssimo histórico no torneio.

As melhores partidas de estreia
Se você estará em Flushing Meadows, não hesite e vá acompanhar esses duelos de primeira rodada. Diversão e tênis de qualidade garantidos!

Bryan/Bryan x Johnson/Querrey
Bolelli/Fognini x Fleming/Huey
Granollers/Lopez x Haase/Knowle
Lopez/Mirnyi x Butorac/Lipsky
Rojer/Tecau x Begemann/Marach
Melzer/Petzschner x Chardy/Kubot
Nestor/Roger-Vasselin x Guccione/Sá
Cuevas/Marrero x Haas/Stepanek
Dodig/Melo x Inglot/Lindstedt

De graça, venham enquanto estão quentes!
O US Open está com uma novidade para as duplas. Você que irá acompanhar o slam de pertinho em Nova Iorque poderá assistir as melhores duplas do mundo por um preço muito camarada: zero. Dia 10 de Setembro, a segunda quinta-feira de disputa do torneio, terá entrada gratuita durante a tarde e o motivo é o ‘doubles on us’, evento promocional de divulgação das duplas. As semifinais de duplas masculinas, femininas e lendas acontecerão durante esta tarde e o público poderá acompanhar de graça. Aproveitem! 🙂

Anúncios

Um comentário sobre “Guia das duplas: US Open

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s