Bruno Soares: “A ficha vai caindo aos poucos”

Primeiro tenista brasileiro a vencer dois títulos no mesmo Grand Slam desde Maria Esther Bueno, no US Open de 1966, Bruno Soares desembarcou em São Paulo nesta quarta-feira para comentar seu feito histórico no Australian Open. O campeão de duplas masculinas e mistas em Melbourne afirmou que está aos poucos entendendo o tamanho de sua conquista.

274933_575386__zam9928

“Foi um final de semana para ficar na história do nosso esporte e principalmente para mim”, disse Soares. “A ficha vai caindo aos poucos. Você começa a ter noção com as mensagens, as matérias falando dos números, de que eu tenho quatro Slams agora. São coisas que eu sempre sonhei. Depois de um tempo vira algo mais real, mas poder concretizar foi um passo muito grande”.

Bicampeão do US Open nas mistas, em 2012 e 2014, Soares e o britânico Jamie Murray conquistaram o troféu na Austrália no último sábado e o mineiro voltou à quadra no dia seguinte para levar o título de mistas com a russa Elena Vesnina. “Em 2012 eu ganhei meu primeiro Slam (mistas no US Open), mas faltava um nas masculinas. Poder realizar isso foi muito especial. Uma afirmação para mim das convicções que eu tinha e de que o trabalho que fiz ao longo dos anos valeu a pena. Ainda mais ter a chance de jogar outra final e fazer a dobradinha, algo que poucas pessoas conseguiram”, celebrou o mineiro.

Soares revelou que ficou positivamente surpreso com a rapidez do entrosamento entre ele e Murray: “Quando você fecha uma parceria, não sabe o que vai acontecer. Mas fizemos uma preparação muito boa e tivemos uma ótima sintonia. (O título em) Sydney foi o que deu mais confiança em termos de resultado”. Em três torneios, Soares e Murray levaram dois títulos e fizeram uma semifinal.

“Acho que temos um potencial grande pela frente. Três torneios, dois títulos, incluindo um Slam. Quando a gente forma uma parceria no nível em que estamos, buscamos exatamente isso. Conquistar títulos grandes, Masters 1000, Slam, Finals de Londres, e o ranking é consequência disso”, acrescentou o tenista mineiro.

O próximo torneio de Soares será o Rio Open, mas seu parceiro ainda não está definido para o ATP 500, que começa no próximo dia 15. “Acredito que até o final dessa semana a gente vai tomar uma decisão”, contou. “Eu e o Marcelo (Melo) vamos jogar alguns torneios, mas neste caso a decisao nao depende só da gente, porque temos nossos parceiros. Temos que organizar de uma forma que não comprometa nosso calendário e também o deles”, explicou.

Os dois mineiros devem jogar alguns torneios juntos antes das Olimpíadas do Rio, na qual estarão entre os favoritos. “Queremos medalha. Temos todas as condições e vamos atrás”, garantiu Soares.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s