Soares, Sá e Bellucci/Demoliner avançam no US Open; Dodig/Melo caem

O dia foi quase que totalmente positivo para as duplas brasileiras em Nova Iorque. Disputando o US Open, três dos quatro times com brasileiros venceram na estreia, avançando para a próxima fase do último Grand Slam do ano.

Bruno+Soares+2016+Open+Day+3+vKWHbUxQCKnx

Foto: Mike Hewitt/Getty Images North America

Na partida mais dramática do dia, Bruno Soares e seu parceiro, o britânico, Jamie Murray, superaram os português Gastão Elias e João Sousa em dois sets a um, com parciais de 6/3, 6/7 e 7/5. O primeiro set foi tranquilo para Bruno e Jamie, abrindo 3/0 logo no início e não sofrendo ameaças até o fim. No segundo, porém, os portugueses pegaram ritmo na devolução e começaram a incomodar o saque do brasileiro e do britânico, chegando a ter quebra na frente no 4/2. Porém, Bruno e Jamie devolveram logo em seguida e a parcial foi decidida num tie-break sólido de Elias e Sousa, levando a partida para o terceiro set.

No último e decisivo set, o mineiro e o britânico voltaram melhores no jogo. Sacando bem e tendo quatro chances de quebra no serviço de seus adversários durante a parcial, a dupla veio a quebrar na quinta oportunidade, que aconteceu no 12º game. A boa atuação de Soares foi crucial, com o brasileiro fechando a rede e forçando o erro dos portugueses bem no fim, selando a vitória. Na segunda rodada, a dupla enfrentará os vencedores do duelo entre Matkowski/Melzer e Dolgopolov/Stakhovsky.

Melo e Dodig caem para anfitriões 

Marcelo Melo e Ivan Dodig não tiveram o mesmo destino que Murray/Soares. O mineiro e o croata foram derrotados pelos americanos Nicholas Monroe e Donald Young em sets diretos, com parciais de 7/5 e 7/6. A partida foi movimentada, com Melo e Dodig tendo 5/2 e saque no primeiro set, mas os anfitriões ganharam cinco games seguidos para fechar a parcial.

No segundo, Monroe e Young tiveram a vantagem no 4-2, mas o mineiro e o americano levaram a partida para o tie-break. Lá, porém, os americanos foram mais efetivos, machucando o serviço da dupla do brasileiro e tendo três mini-breaks para fechar a partida. Os sérvios Dusan Lajovic e Viktor Troicki serão os adversários dos americanos na próxima rodada.

Bellucci e Demoliner derrubam cabeças de chave

A surpresa do dia foi a vitória de Thomaz Bellucci e Marcelo Demoliner, que derrotaram os franceses Julien Benneteau e Edouard Roger-Vasselin em 7/6 e 6/3. Os brasileiros surpreenderam os cabeças de chave 11 em partida disputada, com o primeiro set vendo duas quebras para cada lado, tendo os franceses sacado para o set em 5/3 e falhando em fechar mais uma vez no tie-break, no qual chegaram a ter 4-1.

Bellucci e Demoliner demonstraram a solidez novamente no segundo set, onde os bons saques foram o suficiente para selar a vitória após conseguirem uma quebra de zero no oitavo game. Na próxima rodada, os brasileiros jogarão contra o taiwanês Yen-Hsun Lu e o sérvio Janko Tipsarevic.

Sá e Guccione superam convidados

O mineiro André Sá e o australiano Chris Guccione venceram tranquilamente os convidados americanos John McNally e Jeffrey Wolf num duplo 6/4. Sem muitas dificuldades, o time ficou firme na partida, não sendo ameaçados em momento algum. Uma quebra em cada set foi o suficiente para que o time avançasse à segunda rodada, onde enfrentarão os vencedores de Klaasen/Ram x Butorac/Lipsky.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s