Cilic e Dodig lutam por construção de centro de tênis na Bósnia

Os croatas Marin Cilic e Ivan Dodig estão lutando por um centro de treinamento em casa. Nascidos em Medjugorje, um vilarejo com cerca de cinco mil habitantes no município de Citluk, na Bósnia e Herzegovina, os campeões de Grand Slam escutam a mesma resposta há anos: “construiremos um centro de tênis no ano que vem.”

Croatia Tennis Davis Cup France

Croatia’s Ivan Dodig, left, speaks to Marin Cilic during the match against France’s Nicolas Mahut and Pierre-Hugues Herbert during the Davis Cup semifinal tennis match between Croatia and France, in Zadar, Croatia, Saturday, Sept. 17, 2016. (AP Photo/Darko Bandic)

A ideia do centro de treinamento foi apresentada ao município em 1998 e o projeto atual existe há três anos. Duas quadras duras cobertas, uma quadra central com mil assentos, uma quadra poliesportiva, quatro quadras de saibro e mais duas quadras duras, além de um parque para crianças, estão inclusos no projeto de cerca de um milhão e meio de dólares que beneficiaria toda a região, mas que não sai do papel e que sempre volta a ser promessa dos autoridades municipais.

“Não conseguimos permissão. Disseram que o problema era a localização e eu encontrei um local perfeito. Após o título do Marin em 2014, prometeram que iam resolver a questão o quanto antes. Investimos cerca de cinquenta mil euros nesse projeto e agora não podemos avançar porque as autoridades não querem resolver os papeis e nos dar a permissão”, declarou Vinko Cilic, irmão do campeão do US Open em 2014, à imprensa bósnia.

O irmão de Dodig, Zeljko, também expressou a insatisfação: “É incrível. Nosso clube tem dois campeões de Grand Slam que estão no top 10 de simples e duplas, fazendo final de Copa Davis, e ainda sim as autoridades não têm vontade alguma para resolver a papelada. Acho que é mais fácil tentar fazer isso em Nova Iorque do que em Medjugorje.”

Zarko Dodig, tio do número oito do mundo em duplas, está preocupado com a falta de progresso. “Desde 1998, as autoridades municipais prometem que vão determinar o local pra iniciar a construção, mas isso nunca acontece. Enviamos duas duzias de solicitações, fizemos centenas de entrevistas e tínhamos dinheiro e investidores, mas eles não querem nos dar um local pra poder começar. Parece que não ligam pro sucesso que o clube atingiu.”

A construção não só auxiliaria o tênis, sendo um local de treinamento para Cilic, Dodig e as futuras estrelas, como também beneficiaria o handebol, o basquete e o futsal da região, que também necessitam de uma base. “Esse centro seria muito importante pra Medjugorje. Não é justo comigo e com o Marin, porque não há condições para treinarmos normalmente, e também não é justo com as crianças, que querem atingir os mesmos objetivos que nós”, declarou Ivan Dodig.

“Os jovens estão se interessando cada vez mais pelo tênis e temos excelentes competidores, mas quando o inverno chega, simplesmente não tem espaço, segurança ou condições aqui. O único lugar que possui condições fica em Siroki Brijeg, cerca de 30 quilômetros daqui. É impossível para o clube organizar e custear viagens diárias para todos os jovens, é por isso que esse projeto é essencial”, finalizou Marin Cilic, frisando a importância de uma nova sede para os cem alunos da escola de tênis.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s