Kubot/Melo vão à semi; Murray/Soares caem nos detalhes

O dia foi misto para os brasileiros que disputam o Masters 1000 de Madri, na Espanha. Continuando bem no torneio, Marcelo Melo e Lukasz Kubot conquistaram a vitória contra a dupla formada pelo antigo parceiro do mineiro, o croata Ivan Dodig, e o espanhol Marcel Granollers em sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/4. Classificados para a semifinal, o time enfrenta os vencedores de Bryan/Bryan x Kyrgios/Sock.

kubot-melo-madrid-2017-friday

Foto: Getty Images

O primeiro set foi tranquilo para a dupla, que perdeu apenas três pontos em seu saque e aproveitou os break points disponíveis em dois games, ambos no saque de Dodig, para fechar a parcial em apenas 23 minutos. No segundo, apesar de Melo e Kubot terem tido três chances de quebra logo nos games iniciais, o time adversário ofereceu mais resistência, saindo na frente ao abrir 4/2. A vantagem, porém, durou pouco, sendo devolvida no game seguinte. O brasileiro e o polonês voltaram a quebrar no nono game e confirmaram a vitória no primeiro match point disponível.

“Jogamos muito bem hoje, do início ao fim. Executamos o planejado, colocamos tudo em prática. No segundo set, eles conseguiram um break, mas jogo de alto nível é assim mesmo, uma pequena mudança de estratégia pode acarretar a perda de um saque, ou até mesmo de um set. Estamos muito felizes com a forma como jogamos. Agora é seguir da mesma maneira na semifinal”, comemorou Melo, que garantiu a volta para a terceira colocação no ranking individual com a vitória.

Já Bruno Soares e Jamie Murray foram superados pelos franceses Nicolas Mahut e Edouard Roger-Vasselin em 6/4, 3/6 e 10-7. Em partida equilibrada e com poucas chances de quebra, os dois sets iniciais foram parecidos. No primeiro, o mineiro e o britânico não conseguiram converter o único break point disponível e sofreram a quebra no sétimo game, sendo o suficiente para levar a parcial. O segundo também viu apenas uma chance de break point para cada time, com Bruno e Murray saindo do set vitoriosos.

Com tudo empatado, a partida foi decidida no match tie-break, onde os franceses saíram na frente desde o segundo ponto e administraram um mini-break de vantagem até o fim. Na semi, Mahut e Roger-Vasselin enfrentam a dupla de Henri Kontinen e John Peers ou os espanhois Feliciano e Marc Lopez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s