Murray/Soares vencem e vão às oitavas; Kubot/Melo são eliminados

Bruno Soares e Jamie Murray estão garantidos nas oitavas de final de Roland Garros. O time derrotou a dupla formada pelos russos Mikhail Elgin e Karen Khachanov em 6/1 e 7/6, com 1h21 de duração.

Bruno+Soares+2017+French+Open+Day+Six+JSMlPq1PF0sx

Foto: Adam Pretty/Getty Images Europe

O primeiro set foi tranquilo para Bruno e Murray, que abriram 5/0 e fecharam o set momentos depois, perdendo apenas seis pontos no saque. A segunda parcial, porém, contou com uma dose de drama. Após uma troca de quebras, Bruno e Murray conseguiram outra e ficaram na vantagem, tendo 5/3. Nos games seguintes, Elgin e Khachanov salvaram cinco match points e devolveram a quebra, empatando a partida novamente. Os russos chegaram a ter um set point, que não foi convertido e a decisão foi para o tie-break. Lá, a dominância de Soares e Murray voltou a aparecer, abrindo 4-0 e confirmando a vitória em 7-2.

“Foi mais um grande jogo. Começamos muito bem, poderíamos ter fechado mais tranquilamente o segundo set, mas o importante é que conseguimos terminar bem. Mantivemos a calma e jogamos um belo tie-break. Agora vamos passo a passo, são jogos mais longos e tensos, mas Grand Slam é assim”, disse Bruno, feliz por avançar na chave. A dupla está nas oitavas de final, onde enfrentarão os cabeças de chave 9 Rohan Bopanna e Pablo Cuevas.

Quem também avançou para as oitavas de final foi Rogério Dutra Silva, que ao lado do italiano Paolo Lorenzi superou os franceses Quentin Halys e Adrian Mannarino em 7/5, 2/6 e 7/5. A dupla contou com a desistência dos espanhois Guillermo Garcia-Lopez e Pablo Carreno Busta na estreia e aproveitou as chances na segunda rodada, eliminando a dupla da casa. Nas oitavas, o brasileiro e o italiano enfrentarão os tchecos Roman Jebavy e Jiri Vesely, que conquistaram o título em Istambul na preparação para Roland Garros.

Já Marcelo Melo e Lukasz Kubot disseram adeus ao torneio francês. O brasileiro e o polonês foram superados pelo americano Ryan Harrison e o neozelandês Michael Venus em dois sets a um, com parciais de 6/4, 6/7 e 6/3. A dupla do mineiro não teve nenhuma chance no primeiro set, sendo quebrados logo no primeiro game e vendo seus adversários confirmarem o saque. Na segunda parcial, Melo e Kubot salvaram um break point e levaram a decisão para o tie-break, onde também saíram atrás. O brasileiro e o polonês, porém, devolveram o mini-break e conseguiram mais um logo no fim da disputa, empatando as parciais. O terceiro set foi parecido com o primeiro, com Harrison e Venus tendo as únicas oportunidades de quebra de toda a parcial, convertendo uma e confirmando seus saques até selarem a vitória.

“Eles sacaram muito bem, não nos dando muita chance de devolver, e isso acabou deixando nossos adversários mais tranquilos nos games de devolução. Formam uma dupla perigosa, jogam muito rápido e estavam acertando tudo. Nós não tivemos muito o que fazer para tentar mudar o resultado”, afirmou Melo, que agora parte para a gira de grama. A dupla disputará Stuttgart e Halle como preparação para Wimbledon.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s