Guia das duplas – Wimbledon 2017

MAHUT-rex-large_trans_NvBQzQNjv4BqBUf8B7jwJjc2Cnz3CBTXYXu0iHl5pR74Ai9kiRKxy7w

Os campeões
Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut são os atuais campeões de Wimbledon. Defendendo o título em Londres, a dupla vem de uma temporada de grama apagada, com Herbert vindo de lesão nas costas, causando a desistência do time na estreia do único torneio que disputaram no piso, o ATP 500 de Queen’s. Em Wimbledon, os franceses enfrentarão Santiago Gonzalez e Donald Young na estreia, os finalistas de Roland Garros. O caminho de Herbert e Mahut também inclui Marach/Pavic, dupla que também vem de lesão, e os irmãos Bryan, campeões de Eastbourne.

Projeção de Herbert/Mahut
R1: Gonzalez/Young
R2: Donald/Nedunchezhiyan ou [WC]Clarke/Willis
Oitavas: [16]Marach/Pavic
Quartas: [5]Bryan/Bryan, [11]Lopez/Lopez
Semi: [3]Murray/Soares, [7]Klaasen/Ram, [12]Cabal/Farah, [15]Peralta/Zeballos


Os brasileiros
[3]Bruno Soares e Jamie Murray
O mineiro e o britânico vêm confiantes para o Grand Slam da grama após os títulos conquistados em Stuttgart e Queen’s. A dupla está em uma parte da chave com muitos especialistas de saibro, sendo uma ótima oportunidade para avançar no torneio. Na estreia, enfrentarão os tchecos Jebavy/Vesely, com Peralta/Zeballos e os colombianos Cabal/Farah também no caminho. Seu problema, porém, pode vir na segunda rodada, com a possibilidade de enfrentarem Robert Lindstedt e Sam Groth, dupla que pode ameaçar as chances do brasileiro e do britânico no torneio.

Projeção de Murray/Soares
R1: Jebavy/Vesely
R2: Groth/Lindstedt ou Duran/Molteni
Oitavas: [15]Peralta/Zeballos
Quartas: [7]Klaasen/Ram, [12]Cabal/Farah
Semi: [2]Herbert/Mahut, [5]Bryan/Bryan, [11]Lopez/Lopez, [16]Marach/Pavic

[4]Marcelo Melo e Lukasz Kubot
Melo e Kubot também fizeram uma temporada de grama fantástica, levando os títulos em ‘s-Hertogenbosch e Halle. Em Londres, a chave está extremamente desafiadora para a dupla, que será testada do início ao fim. Na estreia, enfrentarão os sempre perigosos holandeses Koolhof e Middelkoop, com a possibilidade de Petzschner/Peya na segunda rodada, lembrando que o alemão já foi campeão do Grand Slam londrinho. No caminho também há Mergea/Qureshi, com o paquistanês vindo de título em Antalya, e Rojer/Tecau, os campeões de Wimbledon em 2015. Na preparação para o Grand Slam, a dupla fez jogos muito sólidos e se aproveitaram bem dos momentos importantes, vencendo muitos jogos de virada. O bom momento da dupla, que vem com o jogo e o mental em dia, será importante na capital inglesa.

Projeção de Kubot/Melo
R1: Koolhof/Middelkoop
R2: Petzschner/Peya ou Haase/Inglot
Oitavas: [14]Mergea/Qureshi
Quartas: [8]Bopanna/Roger-Vasselin, [9]Rojer/Tecau
Semi: [1]Kontinen/Peers, [6]Dodig/Granollers, [10]Harrison/Venus, [13]Martin/Nestor

André Sá e Dudi Sela
O mineiro vem de uma temporada de grama muito positiva, com semifinal em ‘s-Hertogenbosch ao lado de Michael Venus e final em Eastbourne com o indiano Rohan Bopanna. Em Wimbledon, Sá disputará o torneio ao lado do israelense Dudi Sela, tendo uma difícil estreia contra Monroe/Sitak. O caminho se dificultará mais ainda logo após, com Marc e Feliciano Lopez na segunda rodada.

Projeção de Sá/Sela
R1: Monroe/Sitak
R2: [11]Lopez/Lopez ou Reid/Smith
Oitavas: [5]Bryan/Bryan
Quartas: [2]Herbert/Mahut, [16]Marach/Pavic
Semi: [3]Murray/Soares, [7]Klaasen/Ram, [12]Cabal/Farah, [15]Peralta/Zeballos

Marcelo Demoliner e Marcus Daniell
A melhor campanha de Demoliner e Daniell na grama foi em Queen’s, onde furaram o quali e pararam na quartas. Em Londres, a dupla terá os especialistas em simples Kuznetsov/Tipsarevic na estreia e possivelmente Rojer/Tecau na segunda rodada, não sendo um caminho fácil para o gaúcho e o neozelandês.

Projeção de Daniell/Demoliner
R1: Kuznetsov/Tipsarevic
R2: [9]Rojer/Tecau ou Kokkinakis/Thompson
Oitavas: [8]Bopanna/Roger-Vasselin
Quartas: [4]Kubot/Melo, [14]Mergea/Qureshi
Semi: [1]Kontinen/Peers, [6]Dodig/Granollers, [10]Harrison/Venus, [13]Martin/Nestor

Thomaz Bellucci e Rogerio Dutra Silva
Após a excelente campanha em Roland Garros com Paolo Lorenzi, Rogerinho disputará Wimbledon ao lado de Thomaz Bellucci, sendo a primeira vez que jogarão juntos em mais de 10 anos. O time enfrentará os experientes cabeças de chave 13 Fabrice Martin e Daniel Nestor na estreia, estando na mesma seção de chave que Kontinen/Peers, cabeças 1 do torneio.

Projeção de Bellucci/Dutra Silva
R1: [13]Martin/Nestor
R2: Basilashvili/Haider-Maurer ou Nys/Sancic
Oitavas: [1]Kontinen/Peers
Quartas: [6]Dodig/Granollers, [10]Harrison/Venus
Semi: [4]Kubot/Melo, [8]Bopanna/Roger-Vasselin, [9]Rojer/Tecau, [14]Mergea/Qureshi


Importante lembrar
Diferentemente dos outros três Grand Slams, as partidas de duplas em Wimbledon são disputadas em melhor de 5 sets, no sistema sem vantagem e com o quinto set longo.


Os melhores jogos de primeira rodada
[1]Kontinen/Peers x Fognini/Seppi
[4]Kubot/Melo x Koolhof/Middelkoop
[8]Bopanna/Roger-Vasselin x Brown/Zverev
Petzschner/Peya x Haase/Inglot
Sá/Sela x Monroe/Sitak


Onde assistir
Wimbledon é transmitido pelos canais Sportv3, ESPN e ESPN+. Os streams também são opções disponíveis, tanto piratas como em sites de aposta, sendo que o último necessita de cadastro para assistir os vídeos ao vivo.  Veja a chave de duplas completa e divirta-se em dobro! 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s