Melo e Kubot viram partida e se garantem nas quartas

Marcelo Melo e Lukasz Kubot lutaram para conseguir uma vaga nas quartas de final de Wimbledon. O time, após estar perdendo a partida por dois sets a zero, virou e derrotou a dupla cabeça de chave 14 formada pelo romeno Florin Mergea e o paquistanês Aisam-ul-Haq Qureshi em 6/7, 4/6, 6/1, 6/4 e 6/2.

DEYea2dUIAEQTgn

Foto: Peter Staples/ATP

Os dois primeiros sets contaram com o domínio de Mergea e Qureshi. No primeiro, os times trocaram uma quebra e decidiram no tie-break, onde o romeno e o paquistanês venceram com dois mini-breaks. Na segunda parcial, apenas uma quebra foi necessária para dar a vitória do set para Mergea e Qureshi, que também salvaram um break point.

Foi no terceiro que a reação de Melo e Kubot começou. A dupla entrou motivada em quadra e conseguiu abrir 3/0, tendo outra quebra no sexto game e fechando logo em seguida. Da terceira parcial até o fim o time confirmou todos seus saques sem ser ameaçado, enquanto machucava o serviço de seus adversários com ótimas devoluções. No quarto, a confiança do mineiro e do polonês fez toda a diferença, convertendo um dos seis break points que conseguiram durante a parcial logo no fim, no nono game, empatando a partida em dois sets a dois.

A quinta parcial viu Melo e Kubot perderem apenas dois pontos em seus games de serviço. A dupla dominou e quebrou o serviço de Mergea no quinto game e o de Qureshi no sétimo, acabando com as esperanças de seus adversários no primeiro match point disponível e vencendo em 3h22 de duração.

“Não preciso nem dizer como estamos felizes em ter sobrevivido a mais essa batalha, na luta que é tentar ganhar o Grand Slam. Estamos conseguindo jogar bem cinco sets, a segunda seguida que isso acontece. Desta vez tivemos de voltar, sair de 2 a 0 contra, em uma partida em que não começamos tão bem, com tanto ritmo, e eles jogaram muito. Mas conseguimos encontrar a saída e, mesmo sendo em cinco sets, terminar jogando muito bem. Isso nos deixa ainda mais confiantes para a próxima rodada. Agora é fazer o máximo possível de recuperação para voltar firme no próximo jogo. Bem mais ligados desde o começo para, quem sabe, tentar resolver um pouco mais rápido, pois de cinco em cinco sets não é fácil, não. Mas o bom é que estamos preparados e isso mostra todo o trabalho que vem dando certo. E saber que temos físico para seguir firme”, comemorou Marcelo.

Foi a 11ª vitória consecutiva de Melo e Kubot, que foram campeões em ‘s-Hertogenbosch e Halle, seguindo invictos na grama. Nas quartas, a dupla enfrentará os vencedores da partida do brasileiro Marcelo Demoliner e do neozelandês Marcus Daniell contra os britânicos Ken e Neal Skupski.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s