Dupla de Demoliner vence Bryans em Viena

Marcelo Demoliner foi o único brasileiro vitorioso hoje, em Viena. Disputando o ATP 500 austríaco, o gaúcho e o americano Sam Querrey derrubaram os irmãos Bob e Mike Bryan no match tie-break, com parciais de 6/3, 3/6 e 10-8.

Demoliner Querrey

Foto: Marcelo Demoliner no instagram

O brasileiro e o americano tiveram as únicas oportunidades de todo o primeiro set durante o quarto game, onde quebraram os gêmeos no ponto decisivo, que foi o suficiente para levar a parcial. No segundo, Demoliner e Querrey chegaram a ter uma chance de quebra, mas o set seguiu parecido com o primeiro para os Bryans, que quebraram no quarto game após três chances e seguraram a vantagem até o fim da parcial.

Com a partida empatada, a decisão foi para o match tie-break. Lá, os times seguiram confirmando seus saques até 13º ponto, onde dois mini-breaks foram trocados em seguida e Demoliner e Querrey saíram com a vitória após mais uma quebra. Agora, classificados para a semifinal, o time espera os vencedores do duelo entre Marach/Pavic e Gonzalez/Peralta.

Do outro lado da chave, as duplas de Bruno Soares e Marcelo Melo caíram em seus jogos de quartas de final. Primeiro em quadra, Melo e Kubot foram superados pelo indiano Rohan Bopanna e o uruguaio Pablo Cuevas de virada, em 6/7, 6/4 e 10-8.

O primeiro set do jogo foi muito equilibrado, com as duas duplas mantendo os seus serviços e levando a definição para o tie-break, quando Melo e Kubot conseguiram impor seu jogo e fechar com 7-3. No segundo, Bopanna e Cuevas quebraram cedo e abriram 2/0, mas Melo e Kubot buscaram a reação e empataram em 2/2. Porém, outro break aconteceu logo em seguida, voltando a colocar os adversários em vantagem, que levaram a parcial em 6/4.

No match tie-break, Bopanna e Cuevas chegaram a abrir 5-1, mas permitiram a reação do mineiro e do polonês, que empataram em 6-6. Os times seguiram confirmando seus serviços até o indiano e o uruguaio abrirem um mini-break no 9-8, finalizando a partida no ponto seguinte.

“Acho que jogamos muito bem no geral. A partida, realmente, foi decidida nos detalhes. Pra lá, pra cá, e eles acabaram levando a melhor. Mas, de qualquer maneira, foi um grande torneio, tivemos dois bons jogos e acredito que estamos indo muito bem preparados para Paris, onde é o principal torneio deste giro atual e nós vamos com tudo”, comentou Melo, que segue para o Masters 1000 de Paris, na França.

Bruno Soares e Jamie Murray também sofreram virada em sua quartas de final, sendo derrotados pelo russo Karen Khachanov e o francês Lucas Pouille em 2/6, 7/6 e 10-7. Após um primeiro set dominante, vencendo por duas quebras, a segunda parcial se mostrou mais dura. Os times trocaram uma quebra e o set seguiu equilibrado, com Khachanov e Pouille chegando a salvar um match point no 12º game. Decidido no tie-break, o russo e o francês levaram o set após abrirem larga vantagem.

Empatada, a partida foi para o set decisivo. Após três trocas de mini-breaks entre os times, Khachanov e Pouille conseguiram mais um no 14º ponto, mantendo a vantagem e levando a vitória. O russo e o francês enfrentarão Bopanna/Cuevas por uma vaga na grande final do torneio austríaco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s