Com cinco vitórias consecutivas no ano, Melo e Kubot vão às oitavas; Murray/Soares fora

Marcelo Melo e Lukasz Kubot venceram mais uma partida em Melbourne. Disputando o Australian Open, a dupla cabeça de chave 1 derrotou os australianos Max Purcell e Luke Saville em dois sets a zero, com parciais de 6/3 e 7/6, se garantindo nas oitavas de final.

Marcelo+Melo+2018+Australian+Open+Day+4+vKhmrjGi80-x

Foto: Darrian Traynor/Getty Images AsiaPac

Em partida equilibrada, Melo e Kubot aproveitaram as chances melhor do que seus adversários. O primeiro set viu seis dos noves games tendo break points disputados, com a dupla do brasileiro quebrando primeiro e abrindo 4/1. Os australiano conseguiram devolver a diferença, marcando 4/3, mas Melo e Kubot voltaram a ter a vantagem logo no game seguinte, fechando o set em 6/3. Na segunda parcial, o equilíbrio foi ainda maior, com apenas um dos games tendo break points disputados, mas sem nenhuma conversão. Decidido no tie-break, a experiência de Melo e Kubot prevaleceu, com a dupla vencendo em 7-2 e levando a partida.

“Hoje fizemos um dos melhores jogos deste ano. Jogamos muito bem contra uma dupla perigosa, que não conhecíamos, e que se continuar junta vai dar muito trabalho. Conseguimos imprimir nosso ritmo, mesmo sabendo que a dupla australiana era franco-atiradora e que teria o apoio da torcida em uma quadra grande lotada. Fomos bem melhores do que na primeira rodada, o que dá confiança para o próximo jogo”, analisou o mineiro. Nas oitavas de final, a dupla enfrentará o americano Rajeev Ram e o indiano Divij Sharan.

O destino de Bruno Soares e Jamie Murray não foi o mesmo. Enfrentando os indianos Leander Paes e Purav Raja, o mineiro e o britânico foram eliminados do primeiro Grand Slam do ano em dois sets a um, com parciais de 7/6, 5/7 e 7/6. Os indianos enfrentarão os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah na próxima rodada.

Em grande atuação de Leander Paes, a partida viu os indianos crescerem com o passar do tempo. Na primeira parcial, Soares e Murray chegaram a sacar pro set em 5/3, porém Paes e Raja devolveram a quebra, igualando a partida. No tie-break, os cinco primeiros pontos foram mini-breaks, com os indianos tendo a vantagem, segundo até o fim e levando a parcial. No segundo set, os times confirmaram seus saques sem dramas por dez games consecutivos, até Soares e Murray quebrarem logo seus adversários e confirmarem a vitória do set no game seguinte.

A parcial decisiva contou com as duplas mais sólidas, confirmando os serviços e salvando os break points. No tenso tie-break, Soares e Murray chegaram a ter um match point, que foi salvo pelos adversários. Após um bela curta de Raja, a dupla dos indianos passou a ter um match point, que foi convertido com Raja acertando um winner de devolução no saque de Soares.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s