Duplas de Melo e Demoliner vencem; Murray/Soares caem na estreia: “Essas duas semanas foram decepcionantes”

Marcelo Melo e Lukasz Kubot estrearam com uma vitória confortável no ATP 500 de Barcelona, na Espanha. Os cabeças de chave 1 derrotaram o russo Karen Khachanov e o argentino Diego Schwartzman em 52 minutos, com parciais de 6/3 e 6/0.

Marcelo+Melo+Mutua+Madrid+Open+Day+Nine+ilW2BI_UJwyx

Foto: Julian Finney/Getty Images Europe)

O serviço de Melo e Kubot não foi ameaçado durante toda a partida. Após levarem um primeiro set equilibrado com apenas uma quebra de vantagem, a dupla não permitiu que seus adversários confirmassem seus saques na parcial seguinte, levando seis games seguidos e confirmando a vitória.

“Conseguimos mais uma vez jogar muito bem. Da maneira que vínhamos jogando nas duas últimas partidas. Aproveitamos logo no início a chance de passar à frente e conseguimos manter até o final. Isso é muito bom para voltar a ter o processo de confiança, a se manter no jogo o tempo todo. Sabíamos que estávamos jogando bem, treinando bem e que era questão de um jogo, dois ou três para engrenar de novo. Com essa vitória, esperamos continuar da mesma maneira, para poder ir longe no torneio”, disse Marcelo.

Garantidos nas quartas, Melo e Kubot esperam os vencedores da partida entre os espanhóis Jaume Munar e Tommy Robredo e a dupla formada pelo paquistanês Aisam-ul-Haq Qureshi e o holandês Jean-Julien Rojer. Após Barcelona, a dupla disputará o ATP 250 de Munique, os Masters 1000 de Madri e Roma e Roland Garros.

Quem também estreou com vitória foi Marcelo Demoliner, que disputa o ATP 250 de Budapeste, na Hungria. Ao lado do mexicano Santiago Gonzalez, o gaúcho derrotou os romenos Marius Copil e Florin Mergea em sets diretos, com parciais de 6/2 e 7/6. Nas quartas, dupla enfrentará o britânico Dominic Inglot e o croata Franko Skugor, que derrotaram os cabeças de chave 3 Mirnyi/Oswald na tarde desta terça-feira.

Já Bruno Soares e Jamie Murray sofreram mais uma derrota no saibro europeu. Em Barcelona, a dupla foi surpreendida pelos lucky losers Nicolas Jarry e Guido Pella num duplo 7/5.

A partida foi marcada pela instabilidade no saque de ambas as duplas, com oito quebras ocorrendo no total. “Essas duas semanas foram bem decepcionantes, principalmente da forma que a gente perdeu semana passada, jogando bem e com três match points, em um torneio grande como aquele. Hoje não conseguimos encaixar. Tivemos algumas chances e não conseguimos converter, mas não estávamos tão afiados quanto na semana passada”, analisou Bruno. “Obviamente estou decepcionado com o resultado, mas o importante é voltar para casa, me recompor, treinar e voltar com tudo para Madri”, encerrou.

Soares voltará ao Brasil, retomando a dupla com Murray no Masters 1000 de Madri, na Espanha. Logo após, a dupla disputará o Masters 1000 de Roma e Roland Garros, o segundo Grand Slam da temporada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s