Duplas de Melo e Soares caem nas quartas de Madri; Bryans ficam perto do número 1

As duplas de Soares e Melo caíram nas quartas de final do Masters 1000 de Madri, na Espanha. Primeiros em quadra, Bruno Soares e Jamie Murray foram superados pelos irmãos Bob e Mike Bryan em dois sets a um, com parciais de 6/4, 6/7 e 10-7.

Bruno+Soares+Mutua+Madrid+Open+Day+Seven+hh6Qii0mjkjx

Foto: Clive Brunskill/Getty Images Europe

O primeiro set foi complicado para a dupla de Soares e Murray, que não tiveram nenhuma chance de quebra no serviço de seus adversários, perdendo a parcial no ponto decisivo do décimo game, quando foram quebrados no primeiro set point disponível para os americanos. No segundo, as duplas trocaram uma quebra e seguiram na igualdade até o tie-break. Lá, Bruno e Murray conseguiram um mini-break logo no primeiro ponto, sustentando até o fim e igualando as parciais.

Com tudo igual, a partida foi decidida no match tie-break. Bob e Mike Bryan saíram na vantagem e abriram 3-0, perdendo o mini-break e sofrendo outro poucos momentos depois, com Bruno e Murray abrindo 6-5. Porém, a vantagem durou pouco, com os irmãos vencendo cinco dos seis pontos seguintes e saindo vitoriosos de quadra.

Bruno saiu positivo de quadra, apesar da derrota. “Mais uma vez foi um jogo decidido no detalhe. O jogo poderia ter caído para qualquer lado, mas foi pro lado deles. Ainda não tivemos um grande resultado no saibro, mas estamos jogando bem e quando isso acontece é mais importante. O duro é quando você está perdendo e jogando mal. Obviamente a gente quer voltar a estar entre os primeiros e ganhando torneios, mas já deu pra dar uma animada. Agora vamos para Roma, continuar esse trabalho para voltar às vitórias mais frequentes”, disse o mineiro, que segue para a Itália.

Pouco depois foi a vez de Marcelo Melo e Lukasz Kubot caírem nos detalhes, também no match tie-break. Em partida contra os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, a dupla foi superada em 6/4, 2/6 e 10-8.

Cabal e Farah conseguiram a quebra logo no início, levando o primeiro set após salvarem um break point no oitavo game. No segundo, Melo e Kubot reagiram, ganhando quatro games seguidos no fim do set, empatando a partida. A igualdade levou ao match tie-break, onde as duplas trocaram quatro mini-break para cada lado, até Cabal/Farah voltarem a quebrar no 9-7, segurando o serviço para fechar a partida.

“O jogo escapou. Tivemos algumas chances no primeiro set para voltar, depois do break. No segundo, jogamos muito bem. No match tie-break tivemos uma vantagem enorme. Abrimos 3 a 0, mas eles passaram à frente; nos recuperamos, mas cometemos alguns erros e eles levaram a partida. Agora, seguimos com tudo para Roma neste sábado”, disse Melo após a partida.

Com a queda de Melo e Kubot nas quartas, os irmãos Bob e Mike Bryan têm a chance de voltar ao topo do ranking individual. Kubot, atual número 1 do mundo, poderá ser ultrapassado caso os gêmeos conquistem o título no torneio espanhol. Caso saiam campeões, os americanos farão história e serão os mais velhos a liderar o ranking de duplas, com 40 anos e 15 dias, ultrapassando Daniel Nestor, detentor da marca com 40 anos e 5 dias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s