Soares e Murray enfrentam algozes de Kubot/Melo na semi; Pavic assume a liderança

Bruno Soares e Jamie Murray encaixaram mais uma vitória no Masters 1000 de Roma. A dupla do brasileiro e do britânico venceu Henri Kontinen e John Peers em 6/4, 2/6 e 10-5, se garantindo na semifinal.

Bruno+Soares+Internazionali+BNL+Italia+2018+9G17XmqGStkx

Foto: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images Europa

O primeiro set contou com Soares e Murray saindo na frente logo no primeiro game, quebrando seus adversários. Sacando bem e sem sofrer break points, a vantagem foi mantida até o fim e a dupla confirmou a vitória da primeira parcial no quarto set point disponível. No segundo, Kontinen e Peers levaram a melhor após conseguirem duas quebras no fim do set, igualando as parciais e levando a partida para o match tie-break. Lá, Bruno e Murray estiveram na vantagem desde cedo, chegando a abrir 7-2 antes de fechar a partida.

“Foi uma boa vitória de novo. Jogamos super bem, principalmente no super tie-break. Conseguimos acertar 100% de saques e pressioná-los na devolução. A gente vem jogando bem e estamos em um nível alto. Só precisava ter um pouco de sorte das coisas caírem para o nosso lado. Hoje caiu e agora queremos mais”, declarou Soares.

No sábado, Bruno e Murray enfrentarão os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, que eliminaram Marcelo Melo e Lukasz Kubot nesta sexta-feira: “É a nossa primeira semi de Masters 1000 dessa temporada, contra uma dupla que está jogando super bem esse ano. Eles vem de uma grande vitória sobre o Marcelo. Vamos tentar impor o nosso jogo e chegar nessa final”, finalizou o mineiro.

Melo e Kubot caem novamente para colombianos

Já a dupla de Marcelo Melo e Lukasz Kubot foi superada mais uma vez por Cabal e Farah. Os colombianos, que derrotaram Melo e Kubot no Masters 1000 de Madri, na última semana, voltaram a vencer em Roma, desta vez em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/5.

Melo e Kubot conseguiram uma quebra logo no primeiro game do jogo, que foi devolvida logo em seguida pelos colombianos. Cabal e Farah voltaram a quebrar no quarto game, conseguindo a vantagem necessária para levar o set. A segunda parcial foi parecida, com os times trocando uma quebra antes dos colombianos ficarem na frente no 11º game, confirmando a vitória no game seguinte.

“Hoje não deu para nós. Até começamos quebrando. Aí deixamos quebrar logo no início, de volta. Poderia ser realmente diferente. Mas, eles jogaram melhor. Conseguiram dominar a maior parte do jogo. Chegamos até quebrar de volta, mas eles estiveram melhor hoje. Agora temos um tempo de descanso até Roland Garros, para chegar lá da melhor maneira possível, após jogar cinco semanas seguidas”, explicou Melo.

A derrota de Kubot e Melo também garantiu Mate Pavic na liderança do ranking individual de duplas na próxima segunda-feira. O croata de 24 anos é o duplista número 1 do mundo mais jovem desde 1996, quando Todd Woodbridge liderava o ranking com a mesma idade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s