Kubot/Melo e Murray/Soares se despedem de Roland Garros

O sábado não foi feliz para as duplas brasileiras em Roland Garros, que foram eliminadas da competição. Marcelo Melo e seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot, foram derrotados nas oitavas de final pelos cabeças de chave 13 Rohan Bopanna e Edouard Roger-Vasselin em sets diretos, com parciais de 6/4 e 7/6(1).

qcPktkpTURBXy9jNjEyNmJjYjZlN2IwY2U4MWE5NDY1ODNkZGI5OTllZi5qcGeSlQMAdc0Pxs0I35MFzQMUzQG8

Foto: AFP

“Infelizmente não conseguimos imprimir o mesmo ritmo que vínhamos jogando antes. Não tivemos um aproveitamento de primeiro saque tão bom quanto nos outros jogos, que acho que foi o que acabou custando o primeiro set. Depois até melhoramos um pouco, quebramos de volta, mas não foi o suficiente para seguir. Foi por detalhe. De repente, tivemos uma pequena chance mais para frente, para ter um break. Mas eles jogaram também muito bem, não deram muita chance, sacaram melhor e acho que isso acabou decidindo a favor deles”, resumiu Melo.

A partida viu Bopanna e Roger-Vasselin saírem na frente com uma quebra, abrindo 4/3. No game seguinte, Melo e Kubot tiveram chances de devolver a quebra, mas o indiano e o francês conseguiram confirmar o saque, seguindo firme e levando o primeiro set. No segundo, Bopanna e Roger-Vasselin saíram na frente logo no primeiro game, quebrando seus adversários. A diferença não durou muito, com Marcelo e Kubot devolvendo logo depois, no quarto game. O set seguiu parelho e foi decidido no tie-break. Lá, o indiano e o francês ganharam sete pontos seguidos se garantindo nas quartas de final de Roland Garros.

Bruno Soares e Jamie Murray retomaram a partida contra o argentino Maximo Gonzalez e o chileno Nicolas Jarry hoje, após ter sido paralisada pela chuva na última sexta-feira. Gonzalez e Jarry superaram a dupla do mineiro e do britânico em dois sets a um, com parciais de 6/4, 7/5 e 6/4.

Ambos os times tiveram chances durante a partida. No primeiro set, uma quebra logo no terceiro game foi o suficiente para Gonzalez e Jarry levarem a parcial, salvando dois break points no caminho para a confirmação do set. O segundo contou com uma troca de quebras entre os times, com Soares e Murray saindo na frente primeiro. A dupla chegou a sacar para o jogo em 5/4, quando sofreram a quebra. Porém, pouco tempo depois, o mineiro e o britânico conseguiram voltar a ficar na liderança, quebrando no 12º game e levando o set.

A terceira parcial seguiu no mesmo ritmo, com as duas equipes tendo chances de quebra, mas apenas Gonzalez e Jarry convertendo uma delas, no quinto game, sendo o suficiente para saírem vitoriosos de quadra. “Foi mais um jogo que deixamos escapar. A gente teve mais chances e jogou melhor. No terceiro set a gente estava em um momento muito bom e acabaram escapando alguns break points. O jogo de hoje resume mais uma vez a nossa temporada saibro: frustrante”, analisou Soares. “Agora é esfriar a cabeça, encerrar o ciclo do saibro e voltar com tudo para a grama, com outro estilo, outra gira e vir de cabeça fresca e preparado”, encerrou.

Bruno Soares retornará ao Brasil para aguardar o nascimento de sua filha Maya. O próximo torneio da dupla do mineiro e do britânico será o ATP 500 de Queen’s, na Inglaterra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s