Melo e Kubot defendem o título em Halle; Soares e Murray ficam com o vice em Queen’s

Marcelo Melo e Lukasz Kubot voltaram a ser campeões no ATP 500 de Halle, na Alemanha, defendendo o título conquistado em 2017. Na final, a dupla voltou a enfrentar os irmãos Alexander Zverev e Mischa Zverev, no qual derrotaram, também na grande decisão, no ano passado. Melo e Kubot levaram a partida em sets diretos, com parciais de 7/6(1) e 6/4, conquistando seu segundo título na temporada.

340434_802817_halle2

Foto: Gerry Weber Open

Os alemães saíram na frente logo no início, conseguindo uma quebra no terceiro game, mas que foi devolvida por Melo e Kubot logo em seguida. O set seguiu disputado e nada igualdade, sendo resolvido no tie-break. Lá, o mineiro e o polonês dominaram, cedendo apenas um ponto para seus adversários. No segundo set, o mesmo se repetiu, com os times trocando quebras logo no início. A quebra essencial de Melo e Kubot veio no sétimo game, segurando a vantagem até o fim.

“Foi realmente muito bom. Começamos com chance logo no início, não conseguimos, aí eles passaram um break a frente. Mas mantivemos a calma para pegar, logo depois, o break de volta. No tie break fomos bem superiores, jogamos muito bem, o que deu confiança para o segundo set. Jogamos bem de novo, como tínhamos de jogar, muito sólidos e isso foi muito bom. Aproveitamos a confiança do torneio inteiro para essa final”, comemorou Melo.

Agora, a dupla segue para Wimbledon, onde também defendem o título. “Eu e o Lukasz ficamos muito felizes com o desempenho na grama. Isso dá muita confiança para começar bem Wimbledon, a primeira rodada, jogar tranquilo, sabendo que estamos em nosso alto nível novamente e isso é muito bom. Então vamos chegar lá com confiança, pensando jogo a jogo, especialmente na primeira rodada”, completou.

Em Queen’s, Bruno Soares e Jamie Murray ficaram com o vice campeonato, caindo para o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/3.

“Foi mais um bom jogo. Hoje a gente foi dominado por eles. Eles jogaram super bem, sacaram super bem, como sempre, e conseguiram neutralizar um pouco as nossas jogadas. Não conseguimos executar como a gente vinha fazendo nos outros dias, até pela pressão de estar sempre com a corda na pescoço, por causa do estilo de jogo deles. Mas, foi uma grande semana”, resumiu o mineiro.

Com a ótima semana em Queen’s, a dupla segue satisfeita para Wimbledon: “Fizemos quatro jogos na grama em um ATP 500 duríssimo. Estou me sentindo bem preparado para Wimbledon. Agora é ficar por aqui, descansar uns dias e começar os treinamentos. Estou bem empolgado em jogar mais um Grand Slam na temporada e sentindo que estamos jogando bem, em um piso que temos bom rendimento e em busca de um grande resultado lá”, finalizou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s