Bruno e Murray caem nas quartas em batalha de quatro horas: “Foi de cortar o coração”

Em uma batalha de mais de quatro horas, o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray caíram nas quartas de Wimbledon. Os cabeças de chave 5 foram superados pelo sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michael Venus em três sets a dois, com parciais de 6/7(5), 7/6(5), 5/7, 7/6(4) e 6/4.

Bruno+Soares+Day+Eight+Championships+Wimbledon+C5B9hzikZC7x

Foto: Clive Brunskill/Getty Images Europe

“Foi mais uma quartas de cortar o coração aqui”, lamentou Soares, que parou pela quinta vez nas quartas de final do Grand Slam britânico, sendo a sua melhor campanha. O primeiro set foi equilibrado, com ambos os times tendo chances de quebra, mas não convertendo. Com tudo igual, o set foi decidido no tie-break. Lá, Bruno e Murray saíram atrás, perdendo por 1-3, mas contornaram a desvantagem com dois mini-breaks, levando o primeiro set.

“Estava um dia de gala, num cenário perfeito na quadra central. A gente estava jogando super bem e acho que o jogo modificou a dinâmica quando sacamos para o segundo set e perdemos o saque. Se a gente fizesse dois sets a zero era muito difícil a gente perder”, analisou, destacando a quebra que a dupla sofreu no décimo game do segundo set, quando sacavam para confirmar a vitória na parcial. De novo, com tudo igual, a decisão foi para o tie-break, onde cinco dos sete primeiros pontos foram mini-breaks. Klaasen e Venus saíram com a melhor, empatando o jogo em um set a um.

No terceiro, Soares e Murray salvaram quatro break points durante o nono game, ficando firmes no jogo. Poucos games depois, o brasileiro acertou uma bela devolução, quebrando o saque de Klaasen e levando a parcial.

Na frente por dois sets a um, Bruno e Jamie sacaram bem e salvaram o único break point de toda a quarta parcial. Mais um tie-break foi necessário para decidir o set, com Klaasen e Venus abrindo 4-0 e mantendo a vantagem para empatar a partida. Antes do início do quinto set, o teto da quadra central foi fechado pela falta de luz natural. A condições mais rápidas foram positivas para Klaasen e Venus, que chegaram a abrir 4/1 na quinta parcial. Perdendo dois match points no game anterior e sacando para a partida em 5/4, o sul-africano e o neozelandês foram quebrados, perdendo a vantagem. No game seguinte, porém, Soares foi quebrado de zero, com seus adversários avançando para a semifinal de Wimbledon.

“No fim das contas foi um bom torneio chegar às quartas, mas com gosto extremamente amargo. Assim é o esporte. Não dá para se lamentar muito. Tenho que descansar o que der e ficar pronto para a dupla mista amanhã”, finalizou. O mineiro voltará às quadras nesta quarta-feira. Ao lado da russa Ekaterina Makarova, a dupla enfrentará os norte americanos Jack Sock e Sloane Stephens por uma vaga nas quartas da chave de duplas mistas.

Klaasen e Venus seguem na competição, enfrentando o dinamarquês Frederik Nielsen e o britânico Joe Salisbury na semi. Do outro lado da chave, os norte americanos Mike Bryan e Jack Sock medirão forças com os cabeças de chave 15 Dominic Inglot e Franko Skugor. Mike Bryan, que disputa o segundo slam da carreira sem o irmão Bob, voltará a figurar no topo do ranking de duplas na próxima segunda-feira, sendo o número 1 mais velho da histórias das duplas masculinas, superando Daniel Nestor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s