Melo e Kubot ficam com o vice na China

Não deu para Marcelo Melo e Lukasz Kubot na China. Disputando a final do ATP 500 de Pequim, a dupla cabeça de chave 2 foi superada pelo croata Ivan Dodig e o eslovaco Filip Polasek em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/6. Agora, o mineiro e polonês seguem para Xangai, onde disputarão o Masters 1000 que finaliza a gira asiática.

5057-ifrwayw0649026

Foto: IC Photo/China Open/Sina Sports

Melhores no primeiro set, Dodig e Polasek abriram uma quebra no sexto game. Melo e Kubot chegaram a ter chances de devolver a diferença, mas seus adversários continuaram superiores na parcial e confirmaram seus serviços, vencendo o set. Confiantes, o croata e o eslovaco chegaram a abrir 2/0 no segundo set, mas Marcelo e Kubot voltaram com tudo na parcial, vencendo quatro games seguidos e abrindo 4/2. O mineiro e o polonês chegaram a ter uma chance de fechar o set, mas viram seus adversários devolverem a quebra e levar a decisão da parcial para o tie-break, onde venceram a partida.

“Hoje acho que ele foram superiores. Nós não estávamos tão afinados como nos jogos anteriores. Mesmo assim tivemos uma bela chance no segundo set, que foi sacar para o set e não conseguimos aproveitar o set point. E dupla de alto nível é assim mesmo. Na semi, recuperamos um jogo perdido. Agora tivemos a oportunidade de levar para o match tie-break, mas não deu. Faz parte. Eles vêm jogando muito bem também. Jogo decidido nos detalhes. Realmente tiveram o mérito da vitória, aproveitaram que não estávamos tão bem para levar o título”, analisou Marcelo logo após a partida.

“Agora é seguir firme para Xangai. De qualquer maneira foi uma bela semana, ganhamos bons jogos e jogamos bem. Hoje mesmo estamos indo para Xangai, para treinar lá e tentar defender o título”, completou o mineiro. No Masters 1000, a dupla estreará contra os convidados da organização, o croata Borna Coric e o chinês Runhao Hua. Melo e Kubot são os atuais campeões do torneio, tendo superado Bruno Soares e Jamie Murray na final de 2018.

O mineiro Soares, ao lado do croata Mate Pavic, já estreou em Xangai, vencendo os franceses Adrian Mannarino e Gael Monfils num duplo 6/3. Na próxima rodada, o time do brasileiro enfrentará os vencedores do duelo entre Chardy/Martin e Hurkacz/Paire. Em busca da defesa dos pontos e de uma finalização de ano forte para a sua dupla engrenar, Bruno poderá ter os embalados colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah no seu caminho logo nas quartas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s