Bruno Soares e Mate Pavic derão adeus ao Masters 1000 de Roma. Nesta sexta-feira, a dupla foi superada nas quartas de final por Marcel Granollers e Horacio Zeballos, cabeças de chave 4 do torneio italiano, por 4/6, 7/6(7) e 10-6.

“Foi mais um jogo de altíssimo nível. Em Nova Iorque, eles jogaram melhor e deixaram escapar a vitória, e hoje lideramos e deixamos escapar o match point e a vitória. Mérito deles, que jogaram bem nos momentos importantes”, disse Bruno, relembrando o duelo entre os times na primeira rodada do US Open. “Mas estou feliz com a semana, foram três grandes jogos e mais uma quartas de final vindo direto da quadra rápida para o saibro”, continuou.

Agora, os campeões do US Open seguirão para Paris, na França, onde começarão a preparação para Roland Garros, o terceiro e último Grand Slam da atípica temporada de 2020.

“É descansar e ir com tudo pra Roland Garros. Temos mais 11 dias para preparar o corpo. Precisamos de um descanso. As últimas três semanas foram bem pegadas com a viagem, o fuso horário e a mudança de piso. A energia continua boa e a confiança está lá em cima, agora é levar tudo isso para Paris”, finalizou o mineiro.

Nas duplas masculinas, Soares conta com duas semifinais como seus melhores resultados no torneio francês, em 2008 (com Dusan Vemic) e 2013 (Alexander Peya). Nas duplas mistas, outras duas semifinais, com a última acontecendo na temporada passada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s