O dia foi de alegria para Bruno Soares. Nesta segunda-feira, o mineiro e o croata Mate Pavic viraram a partida contra o norte-americano Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury, cabeças de chave 3 e campeões do Australian Open, com parciais de 4/6, 6/4 e 7/5, para atingir as semifinais de Roland Garros. O resultado também marcou 500 vitórias na carreira de Soares.

“Foi mais um jogaço, no detalhe. Poderia ter caído pra qualquer lado. O Ram e o Salisbury são a dupla número 1 da temporada, estão com muita confiança e estavam jogando muito bem antes da pausa, então estou muito feliz com o resultado e com a nossa performance”, disse Bruno, satisfeito com a performance diante do time que lidera o ranking da temporada. Na próxima rodada, a dupla enfrentará os vencedores do duelo dos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, cabeças de chave 1, contra o time formado pelo dinamarquês Frederik Nielsen e o alemão Tim Puetz.

A única chance de quebra que a dupla teve no último set veio de um ponto espetacular de Bruno, dando o match point para a dupla. “Esse ponto foi loucura. Quando o Salisbury fez aquele voleio espetacular e a bola foi naquela direção, pensei comigo: ‘A única chance que eu tenho de ganhar o ponto é fazendo uma bola mais espetacular ainda’. E foi o que aconteceu, tive a sorte de pegar no momento certo, sem encostar na cadeira do juiz e bem baixinha pra dar o match point e uma chance de a gente fechar o jogo, o que aconteceu”, continuou.

Esta é a 13ª participação do mineiro no Grand Slam francês, repetindo as campanhas de 2008 (com Dusan Vemic) e 2013 (Alexander Peya) e igualando o seu melhor resultado no torneio. “Muito contente por estar em mais uma semifinal de Grand Slam, e depois de 7 anos aqui em Roland Garros. É continuar surfando nessa onda. Assim como a última partida, hoje foi o tipo de jogo que você ganha quando você está num momento de muita confiança e que você sente que as coisas vão acontecer a seu favor. O importante é seguir acreditando e aproveitar este momento. Jogo a jogo, sabemos que estamos cada vez mais perto do objetivo final”, falou o brasileiro, enfatizando o bom momento da dupla.

Além da classificação para a semifinal, Bruno, que disputa torneios do nível ATP desde 2008, também atingiu 500 vitórias na carreira hoje. O brasileiro é dono de 33 títulos, incluindo três Grand Slams. Além do mais recente, no US Open, Soares foi campeão do Australian Open e do US Open em 2016, ao lado de Jamie Murray. “É um número surreal, pra ser sincero. Nunca esperava atingir um número assim na minha carreira. Extremamente grato por tudo que conquistei, é um momento pra comemorar e agradecer a todos os parceiros que me carregaram nestes anos”, finalizou Bruno.

Confiram alguns números das 500 vitórias de Bruno Soares:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s