Marcelo Melo e Lukasz Kubot estão em mais uma final em Viena. Disputando a quarta decisão no ATP 500 austríaco, o mineiro e o polonês superaram os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies, os atuais bicampeões Roland Garros, de virada, com parciais de 4/6, 6/4 e 10-8.

Foto: e-motion/Bildagentur Zolles KG/Christian Hofer

“O jogo de hoje não começamos tão bem quanto os outros, mas mantivemos a calma, buscando uma energia para tentar virar. Acho que conseguimos isso bem no final. Quebramos no 5/4 no segundo set, e aí usamos essa energia de ter tido uma chance de quebrar para entrar com tudo no match tie-break. Foram vários pontos longos e realmente de alto nível. Acabamos dominando o jogo nos últimos dez minutos, onde foi a parte mais importante para nós”, explicou Marcelo.

“A lição de hoje foi ficar no jogo o máximo possível, buscando encontrar um caminho. Agora é ir com tudo na final e tentando começar melhor, para não fazer os torcedores sofrerem no match tie-break”, completou o mineiro.

Na final, Melo e Kubot enfrentarão os britânicos Jamie Murray e Neal Skupski, que também estão em busca de uma vaga no ATP Finals. Os times se enfrentaram uma vez no circuito, na edição de 2019 do ATP 250 de Winston-Salem, com vitória de Marcelo e Kubot. A decisão será disputada neste domingo, às 7h45, horário de Brasília.

Com um ótimo histórico em Viena, esta é a quarta decisão que Kubot/Melo jogam no torneio, tendo disputado seis edições. A dupla foi campeã em 2015 e 2016, e vice-campeã no ano passado. Além dos títulos, também foi em Viena que Melo confirmou a liderança do ranking da ATP em 2015, virando o número 1 do mundo pela primeira vez após uma vitória na Áustria.

É a 65ª final da carreira de Melo, sendo a 26ª ao lado de Kubot, com quem conquistou 14 de seus 34 títulos. O time chega em sua terceira decisão de 2020. Antes da paralisação do circuito, o brasileiro e o polonês foram campeões do ATP 500 de Acapulco, no México. Duas semanas atrás, no início da gira de quadra dura indoor, Marcelo e Kubot foram vice-campeões no ATP 250 de Colônia.

Com Ram/Salisbury, Granollers/Zeballos, Pavic/Soares e Krawietz/Mies já garantidos, o time continua atrás de uma das quatro vagas restantes do ATP Finals. Atuais número 10 da corrida, Melo e Kubot saltarão para a oitava colocação com um título em Viena.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s