Marcelo Melo e Lukasz Kubot estão nas quartas de final do Masters 1000 de Paris, na França. Nesta quinta-feira, os cabeças de chave 4 repetiram a final de Viena e derrotaram os britânicos Jamie Murray e Neal Skupski em dois sets a um, com parciais de 6/2, 1/6 e 10-6. O resultado deixa o mineiro e o polonês muito próximos de uma vaga no ATP Finals, torneio que reúne as oito melhores duplas da temporada na O2 Arena, em Londres, encerrando a temporada.

Foto: e-motion/Bildagentur Zolles KG/Christian Hofer

“Mais uma vitória para nós, muito contente pelo resultado. Acho que jogamos bem. Foi um jogo um pouco mais nervoso por estarmos brigando pela vaga no Finals. Era uma disputa direta com eles, então tornou-se bem mais tenso. Fico muito feliz de termos conseguido controlar esse nervosismo, especialmente no match tie-break, onde eu e o Lukasz temos um retrospecto muito bom”, explicou Marcelo, satisfeito com a vitória. Com um ótimo aproveitamento em match tie-breaks, a dupla aumentou o retrospecto para 56 vitórias em 82 disputados.

“Conseguimos imprimir de novo toda a confiança dos torneios anteriores para buscar esse resultado. Agora, um jogo chave para nós que, se ganharmos, garantimos a classificação. Temos de ficar tranquilos, sabendo que estamos bem treinados e prontos para jogos como esse”, completou o mineiro. Na próxima rodada, que será disputada nesta sexta-feira, Melo e Kubot enfrentarão os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut.

A vitória na estreia garantiu uma posição para a dupla na corrida para o Finals, subindo para a sétima colocação e com 1960 pontos. Caso vençam nesta sexta, a dupla confirmará a classificação, somando 2140 e ficando inalcançáveis por Murray e Skupski. Mesmo com um título em Sofia, torneio que acontecerá na semana que vem, os britânicos empatariam os 2140 pontos, mas perderiam no primeiro critério de desempate, o menor número de torneios disputados.

Seis duplas estão confirmadas no ATP Finals. Além dos campeões de Grand Slam Ram/Salisbury, Pavic/Soares e Krawietz/Mies, Granollers/Zeballos, Koolhof/Mektic e Peers/Venus também estão classificados. Restando duas vagas, cinco times ainda possuem chances de classificação: Kubot/Melo, Murray/Skupski, Melzer/Roger-Vasselin, Purcell/Saville e Herbert/Mahut. Destas cinco, Murray/Skupski e Purcell/Saville já deram adeus em Paris. Outra dupla que pode se garantir nesta semana é Melzer/Roger-Vasselin, caso cheguem na final.

Ranking (05/11)TimePontos
1Rajeev Ram e Joe Salisbury ✅3350
2Mate Pavic e Bruno Soares ✅2965
3Kevin Krawietz e Andreas Mies ✅2910
4Marcel Granollers e Horacio Zeballos ✅2440
5Wesley Koolhof e Nikola Mektic ✅2325
6John Peers e Michael Venus ✅2240
7Lukasz Kubot e Marcelo Melo1960
8Jamie Murray e Neal Skupski 1890
9Jurgen Melzer e Edouard Roger-Vasselin1850
10Max Purcell e Luke Saville1665
15Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut1110

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s