Nesta sexta-feira, os grupos de duplas do ATP Finals foram definidos. Bruno Soares e Mate Pavic lideram o Grupo Bob Bryan, que também conta com Granollers/Zeballos, Peers/Venus e Melzer/Roger-Vaselin. Já no Grupo Mike Bryan, liderado pelos campeões do Australian Open Ram/Salisbury, estão Marcelo Melo e Lukasz Kubot, além de Krawietz/Mies e Koolhof/Mektic.

Foto: ATP/Divulgação

O sorteio dos grupos de duplas não foi realizado na quinta-feira, com o de simples, pela possibilidade de Jurgen Melzer e Edouard Roger-Vasselin assumirem a sexta colocação na corrida, o que mudaria o cenário do sorteio. Para isso, a ATP precisou aguardar o fim do ATP 250 de Sofia, em que Melzer/Roger-Vasselin e a dupla de Jamie Murray e Neal Skupski disputavam a classificação para Londres. A austríaco e o francês subiriam para sexto com um título na Bulgária, mas a dupla optou por desistir da final e partir para Londres, já que os jogos na O2 Arena terão início neste domingo, terminando em sétimo na corrida.

Ao conhecer os seus adversários, Bruno Soares reconheceu a dificuldade, mas ficou feliz por não ter a dupla de Marcelo Melo no grupo. “Aqui é pedreira para qualquer lado, não tem jeito. São as melhores duplas do ano. A única coisa legal desse sorteio foi que caímos num grupo diferente da dupla do Marcelo e não teremos um confronto entre brasileiros logo de cara”, disse Bruno. O mineiro e o croata farão a sua estreia nesta segunda-feira, às 15h, horário de Brasília, contra o austríaco Jurgen Melzer e o francês Edouard Roger-Vasselin. Os times se enfrentaram apenas uma vez, no Masters 1000 de Paris, com vitória de Bruno e Pavic.

Esta é a sexta participação de Soares no ATP Finals, que foi semifinalista em quatro edições. Dono de 33 troféus, Bruno vai em busca de encerrar o ano com um título inédito em sua carreira e com o número 1 do ranking de times da temporada.

No outro grupo, Marcelo Melo e Lukasz Kubot farão a sua estreia no domingo, às 15h, contra Rajeev Ram e Joe Salisbury, os campeões do Australian Open. “De volta a Londres, para a disputa de meu oitavo Finals seguido. Muito feliz por estar aqui. Vamos que vamos, em busca dos resultados”, disse Marcelo, animado com o último torneio do ano. O mineiro fará sua oitava participação seguida na competição e a quarta ao lado de Kubot. Melo foi vice-campeão em duas oportunidades, em 2014 (com Ivan Dodig) e em 2017 (com Kubot). No ano passado, a dupla do brasileiro com o polonês chegou na semifinal.

Grupo Bob Bryan

[1] Mate Pavic e Bruno Soares
[4] Marcel Granollers e Horacio Zeballos
[6] John Peers e Michael Venus
[7] Jurgen Melzer e Edouard Roger-Vasselin

Grupo Mike Bryan

[2] Rajeev Ram e Joe Salisbury
[3] Kevin Krawietz e Andreas Mies
[5] Wesley Koolhof e Nikola Mektic
[8] Lukasz Kubot e Marcelo Melo

Alternates
  1. Jamie Murray e Neal Skupski
  2. Max Purcell e Luke Saville
Domingo (15/11)

9h: Krawietz/Mies x Koolhof/Mektic
15h: Kubot/Melo x Ram/Salisbury

Segunda-feira (16/11)

9h: Granollers/Zeballos x Peers/Venus
15h: Pavic/Soares x Melzer/Roger-Vasselin

Transmissão

O Sportv3 tem os direitos de transmissão do torneio. A fase de grupo das duplas, porém, será ignorada pelo canal, que começará a transmitir a competição por equipes a partir das semifinais. Mais uma bola fora do canal campeão. A TennisTV, plataforma da ATP, transmite todos os confrontos.

Destaques
  • Normal: Ao contrário de simples, a classificação para o ATP Finals nas duplas seguiu normalmente, contando os resultados do ano
  • Baque: Campeões do US Open e vice-campeões de Roland Garros, Pavic/Soares vêm de uma excelente fase. A dupla, porém, sofreu uma derrota dolorosa na final do Masters 1000 de Paris, perdendo cinco match points. Após a virada, Bruno disse que o maior desafio da dupla no Finals será esquecer essa partida e recuperar a energia positiva.
  • Decisivos: Marcelo Melo e Lukasz Kubot precisaram dar um gás no fim da temporada para garantir a classificação. Necessitando de uma boa sequência de resultados, o mineiro e o polonês foram finalistas em Colônia, campeões em Viena e semifinalistas em Paris. Além da classificação, a boa sequência também levantou os ânimos da dupla, que jogou bem nos torneios em que passaram.
  • Azar: Os campeões do Australian Open Ram/Salisbury disputaram apenas uma partida na temporada de quadra dura indoor. Na segunda rodada de Viena, a dupla desistiu por uma lesão do norte-americano no calcanhar. Já em Paris, o time foi retirado da chave após Salisbury ter tido contato com um caso positivo de coronavírus.
  • Departamento médico: Sofrendo com lesões, Marcel Granollers e Horacio Zeballos, os reis do saibro de 2020, não disputam um torneio juntos desde Roland Garros. O argentino sentiu dores nas costas durante a competição em Paris, e logo após foi a vez de Granollers, que lutou contra o relógio e as lesões para chegar no Finals.
  • Embalados: Kevin Krawietz e Andreas Mies seguiram embalados após a conquista do bicampeonato em Roland Garros. Na temporada de quadra dura indoor, os alemães fizeram final em Colônia e semi em Viena, superando duplas como Pavic/Soares e Peers/Venus no caminho.
  • Palco: Wesley Koolhof e Nikola Mektic cresceram nesta temporada nos maiores torneios de disputaram, fazendo final no US Open e semi em Roland Garros. Seria o Finals o próximo?
  • Perigosos: Consistentes e sempre perigosos neste piso, John Peers e Michael Venus são a dupla pra ficar de olho. Campeões em Dubai, Hamburgo e Antuérpia, os dois têm ótimos retrospectos em Londres. O australiano foi campeão do torneio em duas oportunidades, enquanto Venus é o atual vice-campeão.
  • Nos 45 do segundo tempo: Melzer e Roger-Vasselin garantiram a sua classificação ao chegar na final do ATP 250 de Sofia, o último torneio do calendário regular. Era o objetivo principal do austríaco na temporada, que irá se aposentar após o Australian Open.
  • Desempate: Empatados com Kubot/Melo em pontos, Murray/Skupski ficaram foram do Finals pelo critério de desempate. O time dos britânicos disputou três torneios a mais que a dupla do mineiro e do polonês, ficando de fora da competição.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s