Em um jogo equilibrado, Marcelo Melo e Lukasz Kubot foram superados nos detalhes na estreia do ATP Finals. Neste domingo, a dupla foi caiu para o norte-americano Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury, os atuais campeões do Australian Open, no match tie-break, com parciais de 7/5, 3/6 e 10-5.

Foto: ATP/Divulgação

“O jogo começou bem disputado. Contamos com algumas chances, mas tivemos uma baixa porcentagem de primeiro saque, o que acabou dando a chance deles quebrarem duas vezes no primeiro set. No segundo set jogamos muito bem. Eles abaixaram um pouco e nós mantivemos o ritmo, jogando até melhor. Mesmo assim perdemos um saque. E isso pra mim foi decisivo no match tie-break, onde eles estiveram bem, mas ao mesmo tempo nós demos a oportunidade não jogando muito com primeiro saque. Enfim, acontece. Eles aproveitaram as poucas chances”, analisou Marcelo.

“Uma das vantagens do Finals é que temos uma segunda oportunidade. Então é aprender com os erros de hoje, treinar amanhã e ir com tudo de novo no próximo jogo do grupo, depois de amanhã, que ainda temos chances de classificar”, finalizou o mineiro. A dupla voltará em quadra nesta terça-feira, quando enfrentarão os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies, que também sofreram uma derrota na estreia.

Esta é a oitava participação consecutiva de Melo no ATP Finals e a quarta ao lado de Kubot. O brasileiro é o tenista com a sequência ativa mais longa entre os jogadores, tanto em simples quanto nas duplas. Marcelo já foi vice-campeão do torneio em 2014, ao lado do croata Ivan Dodig, e em 2017, com Kubot.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s