Bruno Soares e Jamie Murray estão na final do ATP 250 de Melbourne. Disputando seu primeiro torneio da temporada e o primeiro após um ano e meio da última partida da dupla, Bruno e Jamie fizeram rodada dupla na madrugada deste sábado, vencendo os dois jogos e voltando a decidir um campeonato.

Na partida válida pelas quartas de final, Soares e Murray derrotaram os cazaques Alexander Bublik e Andrey Golubev em dois sets a um, com parciais de 6/4, 4/6 e 10-7. Poucas horas depois, a dupla voltou para as quadras do Melbourne Park para enfrentar Ivan Dodig e Filip Polasek, cabeças de chave 3 da competição, vencendo em 6/2 e 7/6(0).

“Grande dia por aqui, foram dois jogaços. Depois de uma partida dura nas quartas, nós jogamos super bem na semi. Muito feliz de já fazer uma final logo no primeiro torneio. Eu e o Jamie já nos conhecemos, então não tinha muito mistério. Era trabalharmos juntos para pegar ritmo de jogo, porque o entrosamento nós já temos”, resumiu Soares.

Na decisão, Bruno e Jamie enfrentarão os colombianos Robert Farah e Juan Sebastian Cabal, atuais números 1 e 2 do ranking individual de duplas. Os times já mediram forças em outras nove oportunidades, com seis vitórias para o mineiro e o britânico. “Mais um jogo contra os colombianos amanhã, deve ser o 20º ou 25º”, brincou Soares. “É pedreira, eles também estão jogando bem e nós quatro nos conhecemos muito bem. É tentar executar o nosso jogo e espero que seja um déjà vu”, finalizou Bruno, fazendo referência aos títulos de Sydney e do Australian Open que ele e Jamie conquistaram em 2016, quando iniciaram a parceria.

Esta é a primeira final da dupla desde o ATP 500 de Barcelona em 2019, no qual foram vices. Donos de 10 títulos, incluindo o Australian Open e o US Open, Bruno e Murray buscam adicionar mais um troféu na história do time. A final também marca a 66ª decisão que Soares, campeão em 33 torneios, disputa em sua carreira, sendo a 20ª ao lado de Murray.

No outro ATP 250 de Melbourne, Marcelo Demoliner e Santiago Gonzalez encerraram a rodada com derrota. Após passarem pelos britânico Norrie/O’Mara em dois sets a um, a dupla voltou às quadras em busca de uma vaga na grande final. Os franceses Jeremy Chardy e Fabrice Martin, porém, levaram a melhor, superando o gaúcho e o mexicano no match tie-break, com parciais de 7/6(4), 6(2)/7 e 10-8.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s