Bruno Soares e Jamie Murray estrearam com vitória no US Open. No retorno do mineiro ao circuito, que ficou dois meses fora de ação, a dupla superou o norte-americano Tommy Paul e o australiano Alexei Popyrin em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/2. Na próxima rodada, Bruno e Jamie enfrentarão os norte-americanos Chris Eubanks e Bjorn Fratangelo.

Foto: Manuela Davies/USTA

“Bela estreia aqui. O começo foi um pouquinho tenso, eu estava realmente fora de ritmo, mas o jogo foi passando e nós fomos melhorando. Subimos bem o nível e jogamos um segundo set muito firme”, disse Bruno, satisfeito com a evolução da dupla durante a partida.

“Muito feliz de poder competir, de conquistar essa vitória e de jogar um Grand Slam. E mais feliz ainda de ter o Noah, meu filho, aqui comigo, assistindo e curtindo os jogos. Realmente é muito especial. Agora é seguir firme e usar essa energia boa que está vindo de fora da quadra, do público, do Noah e da família, para continuar jogando bem”, finalizou o mineiro, contente de ter o filho assistindo aos jogos.

Esta foi a primeira partida de Bruno Soares após o diagnóstico de apendicite feito nos Jogos Olímpicos de Tóquio, onde acabou sendo operado. O mineiro não disputava um torneio desde Wimbledon, no início de julho.

Demoliner/Daniell e Millman/Monteiro também avançam

O gaúcho Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell viram a desistência de seus adversários durante a partida de estreia. Enfrentando os britânicos Daniel Evans e Lloyd Glasspool, a dupla avançou com 6/7, 6/4 e 2/1 ret após uma lesão sentida por Evans. Na segunda rodada, Demoliner e Daniell enfrentarão os franceses Herbert/Mahut, cabeça de chave 3 da competição.

Outro brasileiro que avançou foi Thiago Monteiro. Ao lado do australiano John Millman, o cearense superou a dupla de De Minaur/Reid em 6/3 e 6/2, se garantindo na segunda rodada. Lá, o time enfrentará os cabeças de chave 4 Ram/Salisbury.

“Acho que a gente jogou firme. A nossa energia bate bem e temos um bom entrosamento. Ele é um cara super alto astral, com uma energia que gosto muito, e ele é muito sólido em quadra. Hoje fomos bem firmes no saque. É manter esse entrosamento e buscar fazer um bom jogo na próxima rodada”, disse Monteiro, feliz por voltar a jogar com Millman.

Cabeças de chave fora

O dia foi complicado para quatro duplas cabeças de chave, que se despediram do torneio na estreia. Marcelo Melo e Lukasz Kubot, cabeças 9, foram surpreendidos pelos norte-americanos King/Reese em 7/6 e 6/4. A dupla sensação da temporada e principais favoritos da competição, os croatas Mektic/Pavic, foram eliminados pelos também norte-americanos Lammons/Withrow em 6/2 e 7/5. Cabal/Farah, cabeças 5, e Puetz/Venus, os 12º favoritos, também deram adeus ao US Open.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s