Duplas de Melo e Soares caem nas quartas de Monte Carlo

Os mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares caíram nas quartas de final do Masters 1000 de Monte Carlo. Primeiros em quadra, Melo e seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot, foram superados pelos espanhois Marc e Feliciano Lopez em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/2.

A partida viu os espanhois firmes na partida, aproveitando as oportunidades disponíveis e mantendo o serviço. A dupla conseguiu três quebras durante os dois sets, sendo uma no primeiro e duas no segundo, e ameaçados apenas no último game da partida, salvando dois break points e confirmando a vitória.

Bruno Soares e Jamie Murray também não tiveram muita sorte. A dupla foi superada pelo monegasco Romain Arneodo e o francês Hugo Nys em 6/2, 6/7 e 10-3. O anfitrião e o francês conseguiram incomodar a dupla do brasileiro, desestabilizando os adversários com boas devoluções.

Os dois times tiveram chances durantes os dois primeiros sets e a igualdade levou para o match tie-break, onde Bruno e Murray saíram na frente, abrindo 2-0. Arneodo e Nys, porém, devolveram a diferença logo após, ganhando oito pontos seguidos e abrindo larga vantagem, fechando a partida no primeiro match point disponível. Arneodo é o primeiro monegasco a atingir uma semifinal de duplas no nível ATP da Era Aberta.

Bruno+Soares+ATP+Masters+Series+Monte+Carlo+qifsx_YrYYux

Foto: Clive Brunskill/Getty Images Europe

Semifinais do Masters 1000 de Monte Carlo:
Rohan Bopanna/Pablo Cuevas x Romain Arneodo/Hugo Nys
[2]Pierre-Hugues Herbert/Nicolas Mahut x [7]Feliciano Lopez/Marc Lopez

Soares e Murray vão às quartas em Monte Carlo

Bruno Soares e Jamie Murray precisaram de apenas 59 minutos para vencer na estreia do Masters 1000 de Monte Carlo. Enfrentando o alemão Tommy Haas e o filipino Treat Huey, o time do brasileiro e do britânico superou seus adversários em 6/3 e 6/2, avançando para as quartas de final do torneio disputado em Mônaco.

Bruno+Soares+2017+Miami+Open+Day+6+K7CkHzS41NDx

Soares e Murray não tiveram problemas no serviço, não sendo ameaçados em toda a partida e perdendo apenas 12 pontos. No primeiro set, Haas e Huey resistiram em quatro break points para seus adversários, mas o brasileiro e o britânico conseguiram uma única quebra durante o quarto game, que foi o suficiente para levar a parcial. O segundo set viu Soares e Murray dominarem do início ao fim, conseguindo duas quebras durante a parcial e fechando a partida tranquilamente.

A vitória coloca o time nas quartas de final do torneio, fase em que enfrentarão o monegasco Romain Arneodo e o francês Hugo Nys, os responsáveis pela eliminação dos cabeças de chave 8 Jean-Julien Rojer e Horia Tecau na primeira rodada.

Melo e Kubot vencem na estreia em Monte Carlo

Marcelo Melo e Lukasz Kubot suaram para vencer na estreia do Masters 1000 de Monte Carlo. A dupla superou os irmãos Alexander e Mischa Zverev em dois sets a um, com parciais de 6/1, 6/7 e 14-12, salvando um match point.

Marcelo+Melo+BNP+Paribas+Open+Day+12+C9xMChytt-0x

Foto: Clive Brunskill/Getty Images North America

A partida começou tranquila para o brasileiro e o polonês, que dominaram a primeira parcial e contaram com um errático Alexander Zverev. Melo e Kubot converteram dois dos três break points e só perderam um game em todo o set, quando os irmãos confirmaram o saque no quarto game.

No segundo set, porém, os alemães entraram no jogo, dificultando para seus adversários. Apesar do mineiro e do polonês terem conseguido a quebra no quinto game, os Zverev devolveram a diferença logo em seguida, permanecendo a igualdade até o tie-break, onde Alexander e Mischa confirmaram a vitória da parcial no terceiro set point disponível.

Com tudo igual, a partida foi decidida no match tie-break, que contou com três mini-breaks de cada lado e Melo e Kubot salvando um match point, até a dupla quebrar por uma última vez e selar a vitória. Na próxima rodada, o brasileiro e o polonês enfrentarão os vencedores do duelo da dupla de Marc e Feliciano Lopez contra Florin Mergea e Aisam-ul-Haq Qureshi.

Bruno Soares e Jamie Murray estreiam nesta quinta-feira

Já a estreia de Bruno Soares e Jamie Murray acontecerá nesta quinta-feira, contra o time formado pelo filipino Treat Huey e o alemão Tommy Haas. “Ter chegado uns dias antes aqui e estrear apenas na quinta-feira vai ser muito bom. Pudemos nos adaptar bem com as condições , principalmente depois de ter passado uma semana no Equador, na altitude e em condições extremas e contrárias ao que estamos acostumados a jogar no circuito”, declarou o brasileiro, que já foi vice-campeão em Mônaco por duas vezes, incluindo a última edição.

Entry list – Monte Carlo

1 Kontinen, Henri (FIN) 1 Peers, John (AUS) 2 D+D 3
2 Herbert, Pierre-Hugues (FRA) 7 80 Mahut, Nicolas (FRA) 5 46 D+D 12
3 Murray, Jamie (GBR) 8     Soares, Bruno (BRA) 9   D+D 17
4 Kubot, Lukasz (POL) 13     Melo, Marcelo (BRA) 6   D+D 19
5 Klaasen, Raven (RSA) 11 Ram, Rajeev (USA) 12 178 D+D 23
6 Dodig, Ivan (CRO) 10 233 Granollers, Marcel (ESP) 17 45 D+D 27
7 Lopez, Feliciano (ESP) 15 36 Lopez, Marc (ESP) 16 D+D 31
8 Rojer, Jean-Julien (NED) 21 Tecau, Horia (ROU) 14 D+D 35
9 Benneteau, Julien (FRA) 25 113 Pouille, Lucas (FRA) 347 17 D+S 42
10 Cilic, Marin (CRO) 110 8 Petzschner, Philipp (GER) 122 36 S+P 44
11 Carreno Busta, Pablo (ESP) 19 19 Garcia-Lopez, Guillermo (ESP) 28 91 S+D 47
12 Bopanna, Rohan (IND) 24 Cuevas, Pablo (URU) 31 26 D+S 50
13 Mergea, Florin (ROU) 23 Qureshi, Aisam-Ul-Haq (PAK) 30 D+D 53
14 Matkowski, Marcin (POL) 27 Peya, Alexander (AUT) 26 D+D 53
15 Zverev, Alexander (GER) 104 20 Zverev, Mischa (GER) 99 33 S+S 53
16 Muller, Gilles (LUX) 76 27 Simon, Gilles (FRA) 346 30 S+S 57
ALTERNATES
17 Lorenzi, Paolo (ITA) 201 38 Ramos-Vinolas, Albert (ESP) 850 24 S+S 62
18 Cabal, Juan Sebastian (COL) 32 Farah, Robert (COL) 32 D+D 64
19 Martin, Fabrice (FRA) 42 961 Nestor, Daniel (CAN) 22 D+D 64
20 Huey, Treat (PHI) 35 Mirnyi, Max (BLR) 34 D+D 69
21 Dimitrov, Grigor (BUL) 251 12 Zimonjic, Nenad (SRB) 57 S+D 69
22 Bolelli, Simone (ITA) 345 525 48 Fognini, Fabio (ITA) 136 28 P+S 76
23 Baker, Brian (USA) 38 258 Monroe, Nicholas (USA) 39 D+D 77
24 Marrero, David (ESP) 56 Verdasco, Fernando (ESP) 145 31 D+S 87
25 Harrison, Ryan (USA) 199 50 Venus, Michael (NZL) 41 S+D 91
26 Koolhof, Wesley (NED) 47 Middelkoop, Matwe (NED) 50 1199 D+D 97

Melo e Kubot conquistam o título em Miami

Após o vice-campeonato em Indian Wells, Marcelo Melo saiu com o título em Miami. Disputando o Masters 1000 da Flórida, ele e Lukasz Kubot derrotaram os anfitriões Nicholas Monroe e Jack Sock em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/3.

33739328326_74c3639154_h

Foto: João Pires/Fotojump

A partida foi complicada, com as americanos dando pouquíssimas brechas. O bom momento de Melo e Kubot, porém, se sobressaiu, com a dupla conseguindo impor pressão com ótimas devoluções durante toda a partida. A única quebra do primeiro set aconteceu logo no game final, no saque de Monroe, onde Kubot acertou a devolução em cima do americano, desestabilizando seu voleio e mandando para fora.

Na segunda parcial, o mineiro e o polonês chegaram a abrir 2/0, mas os americanos reagiram logo no game seguinte, empatando a partida. Após sair de 0/40 no quinto game, a dupla quebrou seus adversários e não deu mais brecha, saindo campeões de quadra. O título coloca o time na segunda colocação do ranking da temporada, ficando apenas atrás de Henri Kontinen e John Peers, os campeões do Australian Open. Melo também sobe para a 6ª posição no ranking individual, enquanto Kubot vai para a 13ª colocação.

Kubot/Melo vão à final em Miami

Marcelo Melo e Lukasz Kubot estão em mais uma final de Masters 1000. Disputando o torneio de Miami, a dupla superou Brian Baker e Daniel Nestor em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/3, avançando para a grande decisão.

33356679000_48a1bf1c76_h

Foto: João Pires/Fotojump

A primeira parcial viu Melo e Kubot ameaçando constantemente o jogo de seus adversários, tendo chances de quebra em todos os games de serviço de Baker e Nestor. A primeira quebra veio logo no segundo game, com o americano e o canadense conseguindo devolver a diferença logo em seguida. Pra consolidar a vitória do primeiro set, a dupla voltou a quebrar no décimo game, confirmando no segundo set point.

No segundo set, Baker e Nestor começaram a ameaçar mais o serviço da dupla do brasileiro, tendo dez chances no total. Melo e Kubot, porém, salvaram todas e conseguiram a única quebra no meio do set, abrindo 4/2 e mantendo a vantagem até o fim.

Na final, a dupla enfrentará os vencedores do duelo totalmente americano entre os irmãos Bob e Mike Bryan e o time formado por Nicholas Monroe e Jack Sock. A vitória na semifinal coloca Melo na 6ª posição no ranking individual, além de subir a dupla para a 3ª colocação no ranking de times.

Kubot/Melo voltam a vencer Murray/Soares e vão à semi

Na revanche do duelo contra o compatriota Bruno Soares, Marcelo Melo levou a melhor mais uma vez. Ao lado de Lukasz Kubot, Melo derrotou Soares e Jamie Murray no match tie-break, com parciais de 2/6, 6/3 e 10-8, avançando para a semifinal do Masters 1000 de Miami.

33299524570_0c868efea8_o

Foto: João Pires/Fotojump

A partida foi semelhante ao que aconteceu em Indian Wells. Soares e Murray começaram dominando a partida, quebrando dois saques de Kubot e levando o primeiro set com facilidade. No segundo, começaram com uma quebra na frente, abrindo 3/1, mas Melo e Kubot engataram e conseguiram incomodar o jogo de seus adversários, ganhando os próximos cinco games e empatando a partida. No match tie-break, o mineiro e o polonês chegaram a abrir 7-2, estando sempre na frente do placar e fechando no sexto match point.

O duelo havia acontecido na semifinal do Masters 1000 de Indian Wells, duas semanas atrás, com Melo e Kubot também vencendo no match tie-break. Em Miami, a dupla do mineiro e do polonês enfrentará Brian Baker e Daniel Nestor por uma vaga na grande final. A partida acontece nesta quinta-feira, às 14h, horário de Brasília.

Kubot/Melo vencem e enfrentam Murray/Soares nas quartas

A dupla de Marcelo Melo segue firme nos torneios americanos. No Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, o mineiro e seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot, derrotaram Jean-Julien Rojer e Horia Tecau em 6/4, 3/6 e 11-9, avançando para as quartas de final.

32840660724_6943bb71c0_k

Foto: João Pires/Fotojump

Melo e Kubot saíram na frente com uma quebra logo no primeiro game, que foi sustentada até Rojer e Tecau devolverem após quatro break points no sexto game. A igualdade, porém, não durou muito, com o mineiro e o polonês voltando a ficar na frente no 5/4 e confirmando a vitória do set logo em seguida.

Na segunda parcial, os adversários abriram 3/0 e sustentaram a vantagem até o fim, levando a partida para o match tie-break. Lá, Melo e Kubot chegaram a abrir 5-1 e não ficaram atrás do placar até o fim, mesmo com Rojer e Tecau reagindo durante a decisão. A dupla devolveu os mini-breaks, mas não conseguiu confirmar seus saques com a pressão exercida pelo mineiro e o polonês nas devoluções.

Na próxima rodada, o Brasil voltará ver seus tenistas duelando, já que Melo e Kubot medirão forças com Bruno Soares e Jamie Murray nas quartas de final. As duplas se enfrentaram na semifinal do Masters 1000 de Indian Wells, com a dupla de Melo saindo vencedora.

Murray/Soares avançam e podem enfrentar Kubot/Melo nas quartas

Bruno Soares e Jamie Murray conseguiram mais uma vitória nos Estados Unidos. Disputando o Masters 1000 de Miami, a dupla derrotou Paolo Lorenzi e João Sousa em 6/0 e 6/3, avançando para as quartas de final do torneio americano.

33278864130_b16b154c14_k

Foto: João Pires/Fotojump

Agressivos e afiados na devolução, o jogo de Bruno e Murray incomodou muito seus adversários, definindo rapidamente o primeiro set em 6/0. Na segunda parcial, Lorenzi e Sousa ofereceram mais resistência e até devolveram a quebra após estarem perdendo de 2/0, mas a dupla de Soares continuou firme no jogo, fechando momentos depois. “Foi um domingo praticamente perfeito. Aproveitamos muito bem as nossas chances e sacamos e devolvemos muito bem. É bom fazer um jogo assim rápido, para descansar e se preparar bem para as quartas aqui em Miami”, declarou Bruno.

Classificados para as quartas de final, a dupla pode voltar a encontrar Marcelo Melo e Lukasz Kubot, já que enfrentarão os vencedores do duelo do mineiro e do polonês contra Jean-Julien Rojer e Horia Tecau. Os brasileiros se enfrentaram em Indian Wells, com Melo e Kubot saindo vencedores.

 

Duplas de Melo e Soares estreiam com vitória em Miami

O Brasil estreou bem no Masters 1000 de Miami. Na tarde deste sábado, Bruno Soares e Jamie Murray entraram primeiro em quadra, derrotando a dupla formada pelo filipino Treat Huey e o bielorrusso Max Mirnyi em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/3.

Bruno+Soares+2017+Miami+Open+Day+6+T9mZxodJBWJx

Foto: Julian Finney/Getty Images North America 

A partida teve ambos os times tendo chances de quebras nos dois sets. No primeiro, Bruno e Murray conseguiram a liderança no quinto break point, sendo o suficiente para fechar o set. A segunda parcial contou com mais drama, apesar do brasileiro e britânico abrirem duas quebras na frente. A dupla precisou sacar para o jogo por duas vezes, já que Huey e Mirnyi conseguiram devolver uma das vantagens, mas Soares e Murray mantiveram-se firmes na partida e selaram a vitória. “Foi um grande jogo hoje aqui em Miami. Conseguimos manter o ritmo de Indian Wells e jogamos super bem”, declarou Bruno.

Sendo o Masters 1000 com mais identidade com o Brasil, Soares comemorou a proximidade com o público e quer entregar o máximo:”Miami é sempre um torneio especial. O público comparece, torce, enche a quadra e motiva a gente. Agora é continuar com tudo e contar com o pessoal torcendo e prestigiando a gente.” Na próxima rodada, o time enfrentará o italiano Paolo Lorenzi e o português João Sousa, partida que acontece neste domingo, às 12h, horário de Brasília.

Depois foi a vez de Marcelo Melo e Lukasz Kubot garantirem vaga nas oitavas de Miami. A dupla enfrentaria Tommy Haas e Lucas Pouille, mas uma lesão no abdômen do francês forçou a desistência do time. No lugar, o brasileiro Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell entraram de alternates e garantiram a disputa do primeiro Masters 1000 da carreira do gaúcho.

Foi duro, com Demoliner e Daniell dominando no início e ganhando a primeira parcial com duas quebras de vantagem. O gaúcho e o neozelandês ficaram firmes e chegaram a ter um match point no segundo set, mas Melo e Kubot salvaram e levaram para o tie-break, onde não perderam nenhum ponto e empataram a partida, deixando a decisão pro match tie-break. Lá, o brasileiro e o polonês continuaram a dominância do fim do set passado, abrindo 8-2 e segurando a dianteira até o fim, terminando com parciais de 2/6, 7/6 e 10-7.

Nas oitavas, o time terá outra pedreira pela frente, enfrentando a dupla formada pelo holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau, os campeões de Wimbledon em 2015. Caso os brasileiros vençam, os times voltarão a se enfrentar uma semana após o duelo de Indian Wells, dessa vez nas quartas. Na Califórnia, Melo e Kubot saíram vencedores, avançando pra final e sendo vice-campeões.