Melo avança nas mistas e Peya/Soares são derrotados

Marcelo Melo e Katarina Srebotnik estrearam com vitória na chave de mistas do Australian Open. Na primeira rodada, o mineiro e a eslovena tiveram vida fácil contra os espanhóis Arantxa Parra Santonja e David Marrero, vencendo em 6/1 e 6/4. Na próxima rodada, Melo e Srebotnik enfrentam os australianos Luke Saville e Daria Gavrilova.

Já Bruno Soares entrou em quadra na madrugada deste sábado para disputar a segunda rodada da chave de duplas. Ao lado do austríaco Alexander Peya, Bruno passou por apuros contra a dupla formada por Oliver Marach e Michael Venus, sendo derrotados em sets diretos, com parciais de 6/4 e 7/6.

Marach, austríaco e ex-parceiro de Peya, foi o destaque da partida, colocando pressão nos saques dos adversários e ganhando pontos com seus golpes potentes. No terceiro game, Marach e Venus conquistaram a única quebra do primeiro set no saque de Bruno. O segundo contou com uma melhora na performance de Bruno e Peya, até então apagados. O mineiro melhorou o serviço e a partida ficou equilibrada, levando para o tie-break, no qual contou com muitas mini-quebras e vantagem para os adversários nos últimos pontos.

Na próxima rodada, Marach e Venus enfrentam os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini, responsáveis pela eliminação de Raven Klaasen e Leander Paes.

Anúncios

Bruno e Peya vencem e avançam para a semi de Auckland

Bruno Soares e Alexander Peya venceram mais uma em Auckland. A dupla derrotou os espanhois Pablo Carreño Busta e Guillermo Garcia Lopez em dois sets a um, com parciais de 6/3 e 6/4.

Foto: Anthony Au-Yeung/Getty Images

Foto: Anthony Au-Yeung/Getty Images

A partida foi tranquila, com o mineiro e o austríaco aproveitando as únicas oportunidades de quebra dos dois sets e fechando a partida de modo fácil. Com a vitória, Bruno e Peya estão classificados para as semifinais e enfrentarão Raven Klaasen e Leander Paes, que derrotaram Ye-Hsun Lu e Oliver Marach em dois sets a um nesta quinta-feira.

Com possibilidade de final brasileira, o também mineiro Marcelo Melo e o bielorrusso Max Mirnyi venceram contra Begemann/Haase e esperam os vencedores do confronto Sitak/Venus x Inglot/Mergea.

Melo e Soares vencem o Prêmio Brasil Olímpico na categoria tênis

Marcelo Melo e Bruno Soares participaram da premiação anual realizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) na última terça-feira e receberam o prêmio de melhores do ano no tênis. O prêmio contou com a presença dos melhores atletas de diversas modalidades e teve Arthur Zanetti, Martine Grael e Kahena Kunze eleitos como melhores do ano no geral.

(Foto: André Durão)

(Foto: André Durão)

Os juvenis Marcelo Zormann e Orlando Luz também estavam presentes e receberam homenagens pelo desempenho nos Jogos Olímpicos da Juventude, conquistando ouro nas duplas e prata em simples com Orlandinho. Outros brasileiros vitoriosos na competição, como a ginasta Flávia Saraiva, vencedora de três provas, também receberam o prêmio.

(Foto: André Durão)

(Foto: André Durão)

O evento aconteceu no Theatro Municipal do Rio de Janeiro com apresentação de Fernanda Gentil e Otaviano Costa e premiou 46 atletas em 43 modalidades, além da presença de ilustres nomes do esporte.

Retrospectiva 2014: Bruno Soares

Alexander Peya e Bruno Soares em Toronto (Foto: Ronald Martinez/Getty Images North America)

Alexander Peya e Bruno Soares em Toronto (Foto: Ronald Martinez/Getty Images North America)


Ranking:
 10
Títulos: 2
Finais: 5
Partidas disputadas: 70
Vitória/Derrota: 45/25
Premiação: $507,173
Pontos acumulados no ano: 4970
Times que mais foram vencidos: 3 vitórias – Huey/Inglot; 2 vitórias – Rojer/Tecau, Butorac/Klaasen, Nestor/Zimonjic, Dodig/Melo, Murray/Peers
Times que mais causaram derrotas: 3 derrotas – Cabal/Farah; 2 derrotas – Bryan/Bryan, Pospisil/Sock
Times enfrentados durante o ano: 51

Vitórias:
29 em 2 sets
14 em 3 sets
2 em 5 sets

Derrotas:
12 em 2 sets
12 em 3 sets
1 em 4 sets

Desempenho em 2014
*Os pontos do mês entre parênteses pertencem ao mês equivalente no ano de 2013, apenas para efeito de comparação

Dezembro/Janeiro – ranking: 3º
30/12: Doha – final, derrota para Berdych/Hajek
06/01: Auckland – final, derrota para Knowle/Melo
13/01: Australian Open – terceira rodada, derrota para Llodra/Mahut
Pontos do mês: 480. (340 em 2 torneios em 2013)
Vitória/Derrota: 8/3

Fevereiro – ranking: 3º
17/02: Rio de Janeiro – semifinal, derrota para Cabal/Farah
24/02: São Paulo – primeira rodada, derrota para Garcia-Lopez/Oswald
Pontos do mês: 180. (660 em 4 torneios em 2013)
Vitória/Derrota: 2/2

Março – ranking: 3º
06/03: Indian Wells – final, derrota para Bryan/Bryan
19/03: Miami – quartas de final, derrota para Cabal/Farah
Pontos do mês: 780. (360 em 2 torneios em 2013)
Vitória/Derrota: 6/2

Abril – ranking: 3º
04/04: Copa Davis – vitória, derrotando Escobar/Lapentti
13/04: Monte Carlo – quartas de final, derrota para Mirnyi/Youzhny
21/04: Barcelona – primeira rodada, derrota para Fognini/Melzer
Pontos do mês: 180. (545 em 3 torneios em 2013)
Vitória/Derrota: 2/2

Maio – ranking: 3º
04/05: Madri – quartas de final, derrota para Nestor/Zimonjic
11/05: Roma – segunda rodada, derrota para Dimitrov/Rosol
26/05: Roland Garros – segunda rodada, derrota para Begemann/Haase
Pontos do mês: 270. (1320 em 3 torneios em 2013)
Vitória/Derrota: 2/3

Junho – ranking: 3º
09/06: Queen’s – campeão, derrotando Murray/Peers
16/06: Eastbourne – final, derrota para Huey/Inglot
24/06: Wimbledon – quartas de final, derrota para Pospisil/Sock
Pontos do mês: 760. (580 em 3 torneio em 2013)
Vitória/Derrota: 10/2

Julho – ranking: 3º
14/07: Hamburgo – final, derrota para Draganja/Mergea
28/07: Washington – quartas de final, derrota para Rojer/Tecau
Pontos do mês: 390. (300 em 2 torneios em 2013)
Vitória/Derrota: 4/2

Agosto – ranking: 3º
04/08: Montreal – campeão, derrotando Dodig/Melo
10/08: Cincinnati – quartas de final, derrota para Pospisil/Sock
25/08: US Open – quartas de final, derrota para Granollers/Lopez; campeão de duplas mistas (com Sania Mirza)
Pontos do mês: 1540. (2380 em 3 torneios em 2013)
Vitória/Derrota: 8/2

Setembro – ranking: 6º
12/09: Copa Davis – vitória, derrotando Lopez/Marrero
29/02: Pequim – primeira rodada, derrota para Cabal/Farah
Pontos do mês: 10. (10 em 1 torneio em 2013)
Vitória/Derrota: 1/1

Outubro – ranking: 6º
05/10: Xangai – quartas de final, Benneteau/Roger-Vasselin
13/10: Viena – primeira rodada, derrota para Melzer/Petzschner
20/10: Valencia – primeira rodada, derrota para Mayer/Sousa
27/10: Paris – segunda rodada, derrota para Cuevas/Giraldo
Pontos do mês: 180. (1145 em 3 torneios em 2013)
Vitória/Derrota: 1/4

Novembro – ranking: 8º
09/11: ATP World Tour Finals – fase de grupos, derrotas para Kubot/Lindstedt e Bryan/Bryan
Pontos do mês: 200. (400 em 1 torneio em 2013)
Vitória/Derrota: 1/2

Bruno joga ao lado de Serena e Slammers conquistam a primeira vitória

Os Singapore Slammers conquistaram sua primeira vitória na IPTL contra os até então invictos Indian Aces na manhã desta quarta-feira em Cingapura. O time da casa contou com Bruno Soares jogando ao lado de Serena Williams e decisão no super shootout.

O confronto começou com Serena Williams colocando os Slammers na frente ao vencer Ana Ivanovic, porém os Aces tomaram a liderança com as vitórias de Sania Mirza/Rohan Bopanna e Fabrice Santoro contra Bruno Soares/Serena Williams e Agassi. Berdych e Hewitt/Kyrgios venceram e empataram o confronto, levando a decisão para o super shootout, disputa de sete minutos que dá a vitória para quem marcar mais pontos. Berdych e Monfils se enfrentaram e o tcheco saiu vitorioso, fechando o confronto em 24-23 para o time de Cingapura.

“O time deu duro para conseguir essa vitória, dá pra notar a alegria de todos”, declarou Josh Eagle, técnico dos Slammers. Apesar da vitória, o time permanece na lanterna, com 3 pontos atrás dos terceiros colocados Manila Mavericks.

Confira a partida  de Bruno Soares e Serena Williams contra Sania Mirza e Rohan Bopanna:[youtube https://www.youtube.com/watch?v=3FXQSE2Z4BI]

Aces vencem todas em Manila e lideram na IPTL

Indian Aces, time de Ana Ivanovic, Rohan Bopanna e Gael Monfils, venceu a terceira partida seguida em Manila, nas Filipinas, e lidera o quadro geral da IPTL com 12 pontos. Os Aces derrotaram os até então invictos UAE Royals por 28-20, perdendo apenas a partida de simples feminino.

A última rodada de Manila também contou com o duelo entre os lanternas Manila Mavericks e Singapore Slammers, terminando com vitória dos Mavericks. O time de Bruno Soares encerrou sua campanha nas Filipinas com três derrotas e seguirá para os confrontos em casa com a ajuda de Serena Williams, que estreou pela equipe neste domingo, com vitória em simples e derrota nas mistas.

A próxima parada da IPTL é em Cingapura, nos dias 2, 3 e 4 de Dezembro. As partidas ocorrerão às 6h e 9h30 da manhã, horário de Brasília, e contarão com a transmissão da ESPN+.

Resultados:
Indian Aces 26-16 Singapore Slammers
Manila Mavericks 24-29 UAE Royals
UAE Royals 28-22 Singapore Slammers
Manila Mavericks 15-24 Indian Aces
UAE Royals 20-28 Indian Aces
Manila Mavericks 27-19 Singapore Slammers

Classificação:
1. Indian Aces – 12 pontos (3 vitórias)
2. UAE Royals – 10 pontos (2 vitórias, 1 derrota)
3. Manila Mavericks – 7 pontos (1 vitória, 2 derrotas)
4. Singapore Slammers – 4 pontos (3 derrotas)

Times:
Manila Mavericks: Andy Murray, Carlos Moya, Jo Wilfred Tsonga, Maria Sharapova, Daniel Nestor, Kirsten Flipkens, Treat Huey, Mark Philippoussis
Singapore Slammers: Serena Williams, Andre Agassi, Patrick Rafter, Tomas Berdych, Lleyton Hewitt, Bruno Soares, Daniela Hantuchova, Nick Kyrgios
Indian Aces: Roger Federer, Pete Sampras, Fabrice Santoro, Gael Monfils, Ana Ivanovic, Sania Mirza, Rohan Bopanna
UAE Royals: Novak Djokovic, Caroline Wozniacki, Goran Ivanisevic, Nenad Zimonjic, Marin Cilic, Kristina Mladenovic, Malek Jaziri

IPTL terá transmissão da ESPN+

A edição inaugural da IPTL, liga asiática idealizada pelo indiano Mahesh Bhupathi, começará nesta sexta-feira e contará com a participação do brasileiro Bruno Soares. O canal ESPN+ transmitirá os confrontos, confira a programação e numeração do canal em diversas operadoras:

ESPN+: NET – 572; Sky – 231; Claro – 545; Oi – 611; Vivo – 862; GVT – 48

Cidade: Manila, Filipinas
28/11 (sexta-feira)

6h – Indian Aces x Singapore Slammers:
Monfils x Berdych
Ivanovic x Hantuchova
Bopanna/Monfils x Hewitt/Soares
Mirza/Bopanna x Hantuchova/Soares
Santoro x Rafter

9h30 – Manila Mavericks x UAE Royals:
Murray x Cilic
Sharapova x Mladenovic
Huey/Nestor x Cilic/Zimonjic
Flipkens/Huey x Mladenovic x Zimonjic
Moya x Ivanisevic

29/11 (sábado)
6h – UAE Royals x Singapore Slammers:
Cilic x Hewitt
Mladenovic x Hantuchova
Cilic/Zimonjic x Berdych/Soares
Mladenovic/Zimonjic x Hantuchova/Soares
Ivanisevic x Rafter

9h30 – Manila Mavericks x Indian Aces
Murray x Monfils
Sharapova x Ivanovic
Huey/Tsonga x Bopanna/Monfils
Flipkens/Nestor x Mirza/Bopanna
Moya x Santoro

30/11 (domingo)
6h – UAE Royals x Indian Aces:
Cilic x Monfils
Mladenovic x Ivanovic
Cilic/Zimonjic x Bopanna/Monfils
Mladenovic/Zimonjic x Mirza/Bopanna
Ivanisevic x Santoro

9h30 – Singapore Slammers x UAE Royals:
Murray x Berdych
Flipkens x Williams
Huey/Nestor x Hewitt/Soares
Flipkens/Huey x Williams/Soares
Moya x Rafter

Cidade: Cingapura, Cingapura
02/12 (terça-feira)
6h – Indian Aces x UAE Royals
9h30 – Singapore Slammers x Manila Mavericks
03/12 (quarta-feira)
6h – Manila Mavericks x UAE Royals
9h30 – Singapore Slammers x Indian Aces
04/12 (quinta-feira)
6h – Manila Mavericks x Indian Aces
9h30 – Singapore Slammers x UAE Royals

Cidade: Nova Déli, Índia
06/12 (sábado)
8h30 – UAE Royals x Singapore Slammers
12h – Indian Aces x Manila Mavericks
07/12 (domingo)
8h30 – Manila Mavericks x UAE Royals
12h- Indian Aces x Singapore Slammers
08/12 (segunda-feira)
8h30 – Manila Mavericks x Singapore Slammers
12h – Indian Aces x UAE Royals

Cidade: Dubai, Emirados Árabes
11/12 (quinta-feira)
10h – Indian Aces x Singapore Slammers
13h30 – UAE Royals x Manila Mavericks
12/12 (sexta-feira)
10h – Manila Mavericks x Singapore Slammers
13h30 – UAE Royals x Indian Aces
13/12 (sábado)
10h – Manila Mavericks x Indian Aces
13h30 – UAE Royals x Singapore Slammers

Marcelo Melo e Bruno Soares jogam juntos em Florianópolis

O Correios Brasil Masters Cup será uma grande oportunidade para conferir ao vivo os tenistas mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares, duplistas que encerraram pelo segundo ano consecutivo a temporada entre os 10 melhores do ranking mundial da ATP.

Marcelo Melo encerrou sua temporada competitiva no último domingo com o vice-campeonato do ATP Finals ao lado do croata Ivan Dodig, uma final inédita para o tênis brasileiro nas duplas. O único que conseguiu ir à final do torneio antes de Melo foi Gustavo Kuerten em 2000.

Melo conquistou este ano o título ATP de Auckland, na Nova Zelândia, jogando ao lado do austríaco Julian Knowle. Com o resultado em Londres, ele fecha o ano como número 6 do mundo.

Bruno Soares também fechou o ano competitivo no ATP Finals ao lado do parceiro austríaco Alexander Peya, na fase de grupos. Ao lado de Peya, ele conquistou este ano o ATP de Queen’s, na Inglaterra, e o Masters 1000 do Canadá, em que sua dupla enfrentou a de Marcelo Melo na final, marcando a inédita disputa entre dois brasileiros pelo títulos de um Masters 1000.

Uma das duplas mais cotadas para os Jogos Olímpicos Rio-2016, Marcelo Melo e Bruno Soares também foram decisivos para o Brasil na Copa Davis deste ano, vencendo suas partidas contra Equador e Espanha para ajudar a equipe a retornar ao Grupo Mundial. Em Copa Davis, eles têm oito vitórias e apenas uma derrota, sendo o único revés há quatro anos.

Bruno Soares e Marcelo Melo se juntam no Costão do Santinho, em Florianópolis, na sexta-feira, dia 21 de novembro, às 21h (de Brasília) para enfrentar no Desafio Olímpico a dupla formada por André Sá e Thomaz Bellucci, outro tenista que foi fundamental na vitória do Brasil diante da Espanha no Ginásio do Ibirapuera, vencendo suas duas partidas de simples. A partida será transmitida ao vivo pelo Sportv2.

Em partida acirrada, Bryans eliminam Bruno e Peya do Finals

Bruno Soares e Alexander Peya fizeram uma partida acirrada, mas foram eliminados pelos gêmeos americanos Bob e Mike Bryan em 2 sets a 0, com parciais de 7/6(3) e 7/6(2). O confronto valia a classificação para a semifinal do ATP Finals, em Londres.

Apenas o primeiro set apresentou chances de quebra, com Bruno e Peya concretizando uma no segundo game, abrindo 2-0. Porém, os americanos devolveram a quebra logo em seguida, levando para o tie-break. Com duas duplas faltas, uma de Bruno e outra de Peya, os Bryans conquistaram o primeiro set. No segundo, ambos os times seguiram firmes e repetiram o tie-break, com os gêmeos levando a melhor.

Bob e Mike enfrentarão os franceses Julien Benneteau e Edouard Roger-Vasselin na semifinal, partida que acontece neste sábado, às 16h, horário de Brasília.

Kubot/Lindstedt vencem mais uma e complicam situação de Bruno

A dupla formada pelo polonês Lukasz Kubot e o sueco Robert Lindstedt garantiram uma vaga na semifinal após derrotarem o brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya em 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 10-6. Com duas vitórias, Kubot e Lindstedt lideram o grupo.

No primeiro set, o polonês e o sueco conseguiram a quebra logo no primeiro game, no saque de Peya, dificultando o trabalho de Bruno e Peya. Após perderem dois set points no saque dos adversários, Lindstedt finalmente confirmou seu game de serviço, fechando em 6/4. Já no set seguinte, Bruno e Peya abriram 3/0 após quebrarem o saque de Lindstedt no segundo game, mantendo o favoritismo e levando a partida para o match tie-break, que contou com Kubot/Lindstedt abrindo 5-0 e administrando a vantagem até o fim, fechando em 10-6.

Considerados os azarões do grupo A, o polonês e o sueco, que já haviam participado no ATP Finals com outros parceiros, passaram da fase de grupos pela primeira vez em sua carreira. “É incrível fazer algo inédito. É sempre divertido acrescentar algo em sua carreira, fiquei realmente feliz”, declarou o sueco para a imprensa de seu país.

A última vaga do grupo será decidida na partida entre Peya/Soares e os irmãos Bryan, que acontecerá na sexta-feira, com transmissão do Sportv2.